Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2010

De diva a colegial

A festa estava marcada para iniciar às 20 horas da última sexta feira [25]. Mas nunca fui de cumprir horários. Cheguei às 21h30. Uma hora mais cedo do que a primeira edição do evento temático Anos Dourados [60, 70 e 80] em homenagem ao Emídio, que estava de aniversário.
Com a Estela Maris, brilhando na festa de 2008

Demais! A Estela, a senhoura do dono da festa, sabe organizar muito bem o esquema. Que por sinal arrasou na fantasia este ano.
As fotos são da primeira edição. Fui de diva. Claro. Este ano improvisei uma modesta colegial, mas adorei também. Não levei camêra para registrar os pequenos flagras, mas já soube que as minhas fotos, como sempre, estão "divertidas". Isso dito pela boca de um amigo do terceiro sexo, que conseguiu chegar tão tarde, que até já havia saído.
Em tempo. Em festas de anos dourados, a bebida principal é a cuba. Nem preciso dizer que me acabei com o drink, precisando fazer uma saída bem estratégica. Depois de dois cigarros [sou ex fumante], vários go…

Tartaruga tumultua voo

Uma tartaruga de cinco centímetros que estava enjaulada tumultuou um voo em Atlanta, no estado da Geórgia (EUA). A dona do animal, uma menina de 10 anos, e suas irmãs foram retiradas do avião.
Carley Helm foi avisada pelas aeromoças de que não poderia voar com Neytiri e teria que se livrar do animal. A menina foi retirada do vôo durante uma conexão. Ela argumentou que os funcionários de embarque estavam cientes da presença da tartaruga.
Chateada, a garota colocou Neytiri no lixo do saguão do aeroporto e voltou para seu assento, aos prantos.
Annie, 13, e Rebecca, 22, irmãs da jovem, ficaram desoladas com a situação. Já em casa, elas comunicaram o pai, que pediu para um funcionário do aeroporto recolhesse a tartaruga até que ele pudesse ir buscá-la.

Fonte:G1


Eu tenho quase 36 anos e se tivesse que deixar meu gato no lixão do aeroporto eu ficava junto. No momento, o único risco que corro é ter que deixar o Sha em Videira... Só a idéia já me apavora!

As cinco pessoas que você encontra no céu

Eu escolho livros e filmes pela capa e o título. “As cincos pessoas que você encontra no céu” me conquistou assim. Pelo título e nas primeiras dez páginas. Quis imediatamente levar o livro para casa para terminar de ler naquela noite. Mas as funcionárias do Café Moinhos não sabiam se podiam emprestar. Voltei mais três vezes ao local e da última vez trouxe para casa o livro de Mitch Albom.

Sua história prende. Mas, talvez, não tenha sido o melhor momento para lê-lo. As lágrimas margeiam meus olhos a cada página virada. Desde o início a curiosidade me faz cogitar quem são as cinco pessoas [seu perfil] que podemos encontrar no céu. Reflexiva sobre a vida e a morte, sobre esse rito de passagem, outras ideias me vêem a mente... Pronto. Mais um pouco de lágrimas.

Recomecei a leitura hoje. Do início novamente. Faltavam 30 minutos para o jogo do Brasil contra a seleção chilena e mesmo assim, sabendo que iria interromper o ato em pouco tempo, abri o livro no capítulo um. Até o momento [36 página…

"Se pedir com carinho..."

Fui ver Robin Hood no último dia em que esteve em cartaz aqui em Videira. O horário era ingrato para um filme com 148 minutos. Por sorte não estava frio às 23h45, quando sai do cinema na última quinta feira. Sorte também eu ter ido conferir a refilmagem de um clássico da literatura européia. Lindo filme. E sim. Chorei ao final...

Russel Crowe esteve maravilhoso como Robin Longstride, assim como sua parceira Cate Blanchett no papel de Marion Loxley. Personagens fortes, íntegros, sensíveis. Verdadeiros guerreiros. Ótima pedida para o DVD posteriormente, com certeza, pois tem sacadas ótimas ao longo da trama, o que garante um riso inteligente. Adoro isso!

Não sei se dá para dizer que houve final feliz. Para mim não. Ser banido pelo rei, numa vã tentativa de que vire a escória social, não é um o que se chama de “happy end” mesmo. Mas a história é tão linda e os personagens estavam aonde deviam estar: juntos! Pronto. .

Ela vem chegando...

... E feliz vou esperando. A espera é bonita Mas eu espero sambando.

A mulher da minha vida está para chegar. Ela vem feliz me ajudar a preparar o brechó. Sabem por que? É o que ela mais queria: a filha caçula em casa, embaixo das suas saias, de novo. E sim, volto bem contente para o berço.
Nem tudo é batata doce, eu sei. Muita coisa vai rolar nos próximos meses, mas não tem volta. É adiante que a vida tem que andar. Mas, por enquanto, tudo será festa. Terei em torno de 20 dias para me despedir com respeito dos amigos daqui. De rir, brincar, chorar, dormir e acordar cedo. Passear, vadiar ou simplesmente estar de férias. Depois eu sei que vai ser um pega prá capar, como diziam antes.
Minha mãe vem acompanhada. Ela fez docinho, beicinho, manhã. Tentou dissuadir minha tia, mas foi vencida. Viu que ficaria para trás e decidiu embarcar para Videira, para levar uma parte da mudança no busão mesmo. Vou pegar leve com as velhinhas. Só roupas de verão, algumas de inverno que não me entram mais e v…

Série despedida

Ainda não sei se neste caso a propaganda é o melhor negócio. Mas, se quer saber como está sendo minha semana de despedida do trabalho, vai lá no Vida e Morte. É algo do tipo: "dos cegos do castelo me despeço e vou". Sem ofensas, claro! Apenas uma leve crítica sincera, inclusive a mim.

O que é do amanhã, amanhã pertence

jujuba[com queijo frito na boca] e eu[com pedação de filé mignon]

Segunda feira, 21 de junho. Hoje minha amiga Jô completa 22 anos de idade. Bem bacana essa data, esse período. É o início da maturidade, do descobrimento de diversas coisas sobre a gente a mesmo. Somos audaciosas nos vinte e poucos anos. Temos coragem para fazer de tudo um pouco. É assim que deve ser mesmo. Vários desafios para enfrentar, com o nariz e o queijo erguidos.

Parabéns Jujuba. Se o balanço foi bom até agora, se prepara para os anos vindouros e cheios de frutos. Tem muito mais vitórias para chegar até os 30. Depois que a coisa fica mais difícil, mas isso tu só precisa saber daqui a oito anos. Até lá, relaxa e goza minha cara, que tudo é uma festa. Pode crer!
Eu[desconfiada], entrevistando o então secretário da segurança Ronaldo Benedet
Hoje também começa minha semana de despedida do jornalismo diário em Videira. O dia começou como imaginei que seria. Bom! Pela manhã segui minha intuição e fiquei na cama até as 9…

Não aprendi a dizer adeus

Eu falo de tudo pra vocês. Esse é meu confessionário. Aqui há fatos banais até os mais importantes da minha vida. Momentos de alegria e tristeza recheiam as páginas virtuais deste diário. Eu tenho um amigo que não entende por que as pessoas fazem isso. Acha tudo uma grande bobagem e chama esse espaço de “blog choradeira”. Faço isso por que me faz bem escrever e, embora muitos desconhecidos ou apenas conhecidos freqüentem o Cor de Rosa e Carvão e estejam a par de minhas fraquezas, meus medos e incertezas, eu me declaro.

Sim, declaro meus sentimentos e momentos aos amigos. Os outros são meros expectadores pra mim. São os meus amigos pessoas importantes, independente de suas origens. Gosto de todos e me regozijo com suas vitórias. Não quero saber se são virtuais ou reais. Eu gosto e ponto.

Tenho ciúmes deles também. É tão difícil conquistar o carinho, a atenção e a lealdade de outras pessoas hoje em dia... Meu egoísmo, hoje, permite dividi-los com outras pessoas ou com o mundo. Mas, perdê-…

Paz, Amor e Vinho

Semana começa úmida em Videira e amanhã, entra o inverno. Vamos aquecer nossos corações nesta estação, cada um da sua melhor forma. Eu, bem queria que fosse com muito amor e sexo. Mas, na falta disso, a garantia é um bom vinho. Me dá prazer igual... . Boa semanaatodos! [incluindo vocês dois: Jana e Hakime - Peace and Love]

Julie & Julia

Escrever um blog não é para todo mundo. Desculpem. Mas não é. Um diário eletrônico precisa exatamente daquilo ao qual é proposto: relatos do dia a dia de uma pessoa. Agora, o que ela vai escrever é outro papo...

Tenho saciado minha vontade de escrever cotidianamente com o microblog. Meu twitter bomba com tantas besteiras que vocês agradeceriam de não estar mais escrevendo aqui, no Cor de Rosa e Carvão. A praticidade de poucos caracteres facilita isso. Outrora, dá raiva. Daí me dou conta de que meu lugar é com vocês.

Mas o que vim falar hoje é sobre o filme Julie & Julia. Uma delícia. Encantadoramente doce. Meryl Streep é Julia Child e Amy Adams é Julie Powell na adaptação da escritora e diretora Nora Ephron de duas autobiografias de sucesso: Julie & Julia de Powell e My Life in France, de Julia Child com Alex Prud'homme. Baseado em duas histórias reais, o filme intercala a vida de duas mulheres que, apesar de separadas pelo tempo e pelo espaço estão ambas perdidas, até desco…

Assim assado

"... tinha suspirado,
tinha beijado o papel devotamente!
Era a primeira vez que lhe escreviam aquelas sentimentalidades,
e o seu orgulho dilatava-se ao calor amoroso que saía delas,
como um corpo ressequido que se estira num banho tépido;
sentia um acréscimo de estima por si mesma,
e parecia-lhe que entrava enfim numa existência superiormente interessante,
onde cada hora tinha o seu encanto diferente,
cada passo condizia a um êxtase,
e a alma se cobria de um luxo radioso de sensações!"


Estou escrevendo cartas de amor [e de ódio]. Mas hoje foi diferente. Não escrevi nada. E mesmo que assim tivesse feito, nada chegaria aos pés de sentimentos fortes ou do digníssimo Eça de Queiroz. Apenas acordei assim, amorosamente excessiva. E comi um bolo de chocolate ao final da tarde.

um mundo agora mais cego

O escritor português e Prêmio Nobel de Literatura José Saramago morreu nesta sexta-feira, 18, em sua casa em Lanzarote (Ilhas Canárias) aos 87 anos de idade.
O escritor faleceu às 13 horas locais (8 horas de Brasília), segundo sua esposa e tradutora, Pilar del Rio. Ainda de acordo com ela, Saramago havia passado uma noite tranquila e, depois de tomar café da manhã com a mulher, começou a passar mal e faleceu em pouco tempo.
O autor recebeu o prêmio máximo da Literatura em 1998. Segundo a premiação, Saramago "nos permitiu mais uma vez apreender uma realidade ilusória por meio de parábolas sustentadas pela imaginação, pela compaixão e pela ironia".
Autor de "O Evangelho segundo Jesus Cristo" e "Ensaio sobre a cegueira", Saramago vivia em Lanzarote desde 1993 com a jornalista espanhola. O escritor foi hospitalizado diversas vezes nos últimos anos, principalmente por conta de problemas respiratórios.
Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias

Não consigo evitar...

Minha mãe sabe que sou compulsiva. Ando controlada. Na verdade, desde que moro sozinha, as prioridades são as despesas do lar e pouco sobrar para os luxos. Mas hoje não pude resistir e comprei uma bota Picadilly para mim, de cano médio, na cor marrom e modelo cobra. Bem neutra para poder combinar com os meus vestidos de inverno que encomendei.

Eu sei, eu sei... Uma futura desempregada não pode se dar esses luxos. Mas pense: "Como ei as entrevistas mal vestida? Nem pensar! Tive que investir". E agora não vejo o momento em que tudo ficará prontinho. E sim! Minnhas botas são de salto. Revoluções por minuto...

Acho que ainda é reflexo do silêncio que está em meu peito. Hoje marcam os primeiros dois meses de saudades do meu velhinho. Tudo parece que foi ontem... Um sorriso, um aviso, uma reclamada, uma piada e nada mais. Para aplacar tudo isso, só comprando uma loja inteira por mês, porém, isso - por não poder pagar - ele não gostaria. C'est la vie...

Vida Boa

Fiquei triste pela seleção da Nigéria. Levou 2x1 da Grécia hoje. Não entendo nada de futebol, nem estou acompanhando os jogos do mundial, mas, pela cara dos africanos – estão fora! Esse sentimento da derrota, ainda na primeira fase, para um time que faz parte das seleções anfitriãs deve ser amargo demais...

O goleiro sabia que não poderia ter perdido aquele gol. Mas, aqui na minha reles insignificância futebolística, ele fez uma defesa bonita. Deixou picando, eu sei, mas rebateu uma bola forte, percebeu o erro e se jogou atrás dela. Quase levou um chute na cabeça de tão em cima que foi o lance, o chute do grego sobre a boa que garantiu o gol à Grécia.

Fiquei triste sim. É o trabalho dos caras. Prepararam-se e pensaram que estavam bem para enfrentar os adversários e passar da fase inicial. Eles se enganaram. E, de repente, me deu um frio na espinha, uma vertente de receio, um falsete nas pernas e nas ideias por estar prestas a uma situação incerta, como num jogo de futebol. Por mais que …

2x1

Por que eu parecia mais empolgada que as crianças?
Não fazem mais torcedores mirins como antigamente.
Não, não!

Tudo pela metade

"Eu tenho tanto a fazer E faço tudo pela metade Eu não percebo..."
Hoje dei meu primeiro passo em busca de uma recolocação no mercado de trabalho gaúcho. Preenchi um perfil no Catho. Na verdade reativei uma conta que havia utilizado por uma semana apenas, de teste, há anos. Bem a tempo de me candidatar a uma vaga de assessora de comunicação num sindicato em Porto Alegre.

Minha cara isso, hein?! Trabalhar num sindicato, numa instituição que luta por melhorias sociais, mesmo que de um nicho apenas; de um segmento. Ideologias a parte, o melhor de tudo é o salário e os benefícios que a empresa oferece. Gente, cai dura, me recuperei e fui logo reativando a conta. Bom pá caraiô, tchê! Já vou me dar por feliz se meu currículo for selecionado para o processo seletivo. Ulalá!

Passei a manhã atualizando o cadastro. Tinha tantos dados antigos e outros inativos, como número de celular e de telefone residencial que não me admira que tenha perdido alguma oportunidade nesse período. Agora é tor…

Cortem-lhe a cabeça

Quem sabe eu ainda
Sou uma garotinha
Esperando o ônibus
Da escola, sozinha...

Tenho essa impressão quase sempre. De que sou uma guriazinha, tola, infantil e com muita imaginação. Uma menina em corpo de mulher. Eu envelheço. Minha pele perde a tenacidade anos após anos. O cabelo, o viço; e a agilidade física, que nunca foi um primor, se vai quase que ao mesmo tempo que a disposição. Tenho 35 anos e 9/12, mas, na maioria do tempo, a idade mental é de menos. Bem menos...

Alice tem quase 20 anos e tem que decidir se vai casar ou não, se vai crer no Mundo subterrâneo ou se toma o leme de sua vida. A personagem poderia ter outro nome. Elaine. Com exceção de que não tenho nenhum pretendente para marido, o resto é igual no meu cotidiano.

“Às vezes, antes de tomar o café da manhã, penso em seis coisas impossíveis de acontecer”, diz Alice no País das Maravilhas. Eu nem preciso abrir os olhinhos para ver o mundo de fantasias e no meu café da manhã, preciso, fervorosamente, acreditar em seis coisas nec…

Em busca da batida perfeita

Pronto. Acabei de excluir meu perfil no Movimento dos Sem Namorados do site de relacionamento do Par Perfeito. Faz mais de um ano que preenchi um perfil lá, bem meigo, mas até pela internet tenho vocação para traia. Dois anos no tal de site e o máximo que consegui foi um convite para sexo com um cara de Caçador, casado, e outro de Florianópolis. Também casado, claro. Não dá né?!

Não sou moralista e muito menos considero esse lance de destruidora de lares. Mas, pra me incomodar, bastam os cacos [trastes é muito pesado] me cercam atualmente [o local não faz diferença]. Mesmo assim, não preciso de nenhum de fora para contribuir na minha lista de possibilidades. Mas fiquem gel. Estou limpa! É. Que nem esse lance de alcoólatra e viciados em drogas: “só por mais um dia eu não ‘pequei’”. Estou abstêmia deles há um bom tempo. Meu lance é só na amizade.

O que quero e há tempos é um namorado. Alguém pra chamar de meu mesmo, mas continuo avulsa. Mais um ano sem comemorar a data. Aproveitei essa fa…

Garfield tabajara

9:50 [de hoje mesmo] . Parece que o Garfield aqui de casa gosta de uma sexta-feira bem mais do que eu... . Bom Finalde Semana People

Coco Chanel

Achei lindo o filme sobre Coco Chanel, mesmo ela sendo interpretada pela dentuça [mas talentosa] da Audrey Tautou.


Me acabei chorando no final do filme. Muito.
Corre pra locadora, tchê!


Gente nova no pedaço. Literalmente!

Estou de vizinha nova desde sexta-feira. Uma adolescente de 19 anos, que veio de Arroio Trinta para tentar a vida em Videira. Ela quer espaço, independência, trabalho e amigos. A entendo e desde que chegou já a incentivo a permanecer na luta pelos sonhos de menina moça que traz no peito.

É uma delícia montar nosso canto. Ele é o reflexo do que somos e do nosso comportamento. Confesso que eu gostei muito desse momento quando cheguei em Videira. De cara vi que os pré-requisitos iam esperar um pouco. Nem tive um 3x1 ou microsistem, nem uma geladeira e muito menos uma máquina de lavar de cara.

Minhas manhãs de verão e algumas de inverno [parei depois de gelar as mãos pro resto da vida] eram lavando roupas antes de ir trabalhar. Minha cerveja e meu Yakult refrescavam com gelos produzidos em garrafas pet. Duas delas eram suficientes para manter meus alimentos frescos por até três ou quatro dias. Dependia da temperatura ambiente. Logo dei um jeito de comprar um rádio com tocador de CD e MP3 e …

Só na folga!

Luci, a dona da casa, e Jô [que tá sempre assustando o sobrinho] As irmãs Zago parecem estar empenhadas em manter meus dias de folga bem entretidos. E estão conseguindo. Primeiro foi o domingo no Barraco dos Piás, depois um churras e uma tarde chuva bem quentinha e abrigada no Santa Gema, ao lado do ranhentinho do Otávio [hehehe]. Nesta quinta, degustei a vaca atolada da Luci e ainda trouxe um pequeno potinho com a delícia pra casa.

Só na folga, passei esses dias em plena alegria. As gurias são gente boa demais. Divertidas pacas e comilonas. Putz, a Lú passa o dia inteiro pensando em pinhão na chapa. Eu, desde que entro na casa dela, também. Na verdade bem antes de chegar lá. Penso no pinhão e no vinho Niágara São Pasqual para acompanhar.

Nesse feriado de Corpus Christi a Bruna também foi pra lá. Só pela foto dá para ver que a simpatia da guria com aquele sorriso nas orelhas. Ela é bem divertida e bonita, a morena de Rondinha. Tai, mais um nome de blog para as gurias da comunidade: grin…

Primeiro as damas

Trata-se de um grupo de humoristas que se apresenta aqui no RS. Os comediantes Cris Pereira e Lucas Krug apresentam vários personagens em espetáculo estilo stand-up comedy. Inspirados em situações do cotidiano, eles interpretam diversas figuras, como Gaudério Fernandes, Seu Cucar, nerd Frederico, Jorge da Borracharia (tem uma palhinha no vídeo). Tem até um diretor artístico e produtor executivo de artistas da rua e flanelinhas, chamado Claudiovaldo Nogueira, entre outros. Com sorte, estará em cartaz ainda, quando estiver na terrinha.
Bom final de semana!

Corpus Christi

Tu trabalha amanhã?



#^$)&*@0?#$@%8

raios!raios!mil vezesraios!!!

Tempo, tempo, tempo

Maria Bethânia sempre me encantou. Ela e Clara Nunes. Talvez por que esta segunda artista foi o primeiro álbum que entrou na minha casa. Eu lavava a louça ao som de Morena de Angola. Depois, foi a vez de Maria Bethânia. Muito depois... E Mel foi a segunda canção da minha infância.Teve uma vez, já na juventude, troquei a oportunidade de ver uma das minhas interprétes favoritas por um Festival do Chope na cidade de Feliz. Poucos quilômetros de Porto Alegre. Para uma estagiária secundarista, ou era um ou outro. E sim, me arrependi depois. Ainda nutro o desejo, a vontade, de ver essa diva brasileira. Mel deve estar fora de seu repertório, com certeza. Mas, quem sabe, pedindo com carinho ela entoe a Oração ao Tempo pra mim. Só pra mim...Peço-te o prazer legítimoE o movimento precisoTempo tempo tempo tempoQuando o tempo for propícioTempo tempo tempo tempo...*De modo que o meu espíritoGanhe um brilho definidoTempo tempo tempo tempoE eu espalhe benefíciosTempo tempo tempo tempo...

Me dá?

Vou começar uma campanha:
um N97 praNêga Por que toda mulher de estilo merece ganhar um desses


Presença o negócio hein?! Meu sonho de consumo um treco desses. Ficaria com o bicho por uns cinco anos, no mínimo.
Mas se não der, eu aceito umN95.
Só pra consolar...
Deu uma sacada no treco? Então baba baby, baba.

Ressaltando a beleza natural

Aquela dívida, de uns anos atrás
Está bem viva,
Você já nem se lembra mais...

Hoje eu saquei dinheiro para pagar as minhas promotoras de beleza: uma da Natura e outra da Avon. Na primeira parada, já quitei a dívida adquirida ao comprar um quarteto de sombras, Coleção Luxo. Lindo! As cores são Rose, Mauva, Ameixa e Púrpura. Peguei o estojinho e rabusquei meu rostinho lindo com tons e cores vibrantes e discretas.

A outra, da Natura, já estou usufruindo os produtos. Sempre que desço para o centro fico com vergonha de bater ao meio dia na sua casa para saldar o débito. Claro que ela não iria se incomodar de ter o almoço interrompido para receber, mas minha mãe sempre diz que não é bom chegar na casa dos outros na hora da refeição.

Agora, ela terá que esperar mais dez dias para receber, pois não me agüentei e entrei no Boticário da Rua Saul Brandalise e trouxe para casa um pincel para pó, que pelo preço e conforto terá dupla função: o de passar blush também. Preciso utilizar um tom de blush que…