Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2006

Romaria

de Renato Teixeira

É de sonho e de pó
O destino de um só
Feito eu perdido em pensamentos sobre o meu cavalo
É de laço e de nó de gibeira o jiló dessa vida cumprida a sol

Sou caipira,
Pirapora Nossa Senhora de Aparecida
Ilumina a mina escura e funda o trem da minha vida
Sou caipira,
Pirapora Nossa Senhora de Aparecida
Ilumina a mina escura e funda o trem da minha vida

O meu pai foi peão
Minha mãe solidão
Meus irmãos perderam-se na vida
A custa de aventuras
Descasei, joguei, investi, desisti se há sorte, não sei, nunca vi

Sou caipira,
Pirapora Nossa Senhora de Aparecida
Ilumina a mina escura e funda o trem da minha vida
Sou caipira,
Pirapora Nossa Senhora de Aparecida Ilumina a mina escura e funda o trem da minha vida

Me disseram porém
se eu viesse aqui
prá pedir de romaria e prece
paz nos desaventos
como eu não sei rezar
só queria mostrar meu olhar,
meu olhar,
meu olhar

Sou caipira,
Pirapora Nossa Senhora de Aparecida
Ilumina a mina escura e funda o trem da minha vida
Sou caipira,
Pirapora Nossa Senhora de Aparecida
Il…

Domingo, 30

Não sei quantos graus fazem lá fora, mas pude sentir o ar gélido quando desci para cumprir uma pauta cultural nesta noite de inverno. Desci a rua tranqüila, cheia de roupas, como gosto quando faz frio, mais parecendo um boneco de neve preto. Fui a passos médios, já acostumada a andar nesta cidade quando tenho que trabalhar e chegar em tempo de fazer as entrevistas antes que tudo aconteça.

Concerto de Inverno executado pela Orquestra de Câmara de Videira. Grupo de músicos amadores, mas de uma qualidade que deixa muitos profissionais de cabelinhos arrepiados. Um diferencial para uma orquestra, que geralmente paga e muito bem para seus músicos, que nesses casos são graduados e pós-graduados. Creio que esses deveriam ganhar um incentivo também, por tanto esforço e dedicação.

No programa, músicas erudita e popular fizeram a alegria do público, para mim o ápice foi com a seleção popular. Romaria me fez chorar lágrimas salgadas demais por lembranças de coisas que dificilmente voltarão acontece…
Aqui no jornal, tem um professor que é colunista. Jorge Jacó é o nome dele. Ele tem uma página todinha para ele (4). Toda a semana ele escreve seus textos, que vão desde reflexões a críticas a governos, empresas ou pessoas.

De antemão foi adiantar uma parte de seu trabalho. São frases de pensadores e intelectuais mais que conhecidos.

Tema da Semana
SERVIDÃO

Hoje (o jornal sai no sábado)

“Ninguém é mais escravo do que aquele que se considera livre sem sê-lo”. (Goethe).

Domingo

“Mudar de opinião e seguir quem te corrige é também o comportamento do homem livre”. (Marco Aurélio).

Segunda-feira

“Decidi-vos a não servir mais, e sereis livres”. (La Boétie).

Terça-feira

“Os servos nunca sentem tanta falta do primeiro senhor como quando experimentam o segundo”. (Esopo).

Quarta-feira

“Não existe servidão maior do que a do sexo. Ela deprime, deprecia e reduz o homem a uma animalidade inconseqüente”. (Lessing).

Quinta-feira

“São a força e a liberdade que fazem os homens virtuosos. A fraqueza e a escravidão n…
Tá vendo tudo isso? Pois é... Meu kit contra olho gordo. Tem urubu (e não é preto) voando sobre mim e querendo me por mal olhado. Mas eu carrego meu patuá, hehehehe. Sai pra lá jaburu!!!
Adaptação da música É Hoje

Vou levar o meu "samba" pra mãe de santo rezar E contra o mau olhado eu carrego meu patuá!! Lê Lê Lê!!! Vou levar o meu "samba" pra mãe de santo rezar E contra o mau olhado eu carrego meu patuá!! Acredito.

Mulher Maravilha

Parabéns
Linda Jean Córdoba Carter

--------

Ah, me empresta o teu laço?

Vanessa Da Mata

Não me deixe só

Não me deixe só

Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz
Não me deixe só

Tenho desejos maiores
Eu quero beijos intermináveis
Até que os olhos mudem de cor

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz

Não me deixe só
Que o meu destino é raro
Eu não preciso que seja caro
Quero gosto sincero de amor

Fique mais
Que eu gostei de ter você
Não vou mais querer ninguém
Agora que sei quem me faz bem

Não me deixe só
Que eu saio na capoeira
Sou perigosa, sou macumbeira
Eu sou de paz, eu sou do bem, mas...

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz
Não me deixe só

Mas não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz
Não me deixe só

------------
Essa música é de uma intensidade tão profunda que só poderia ser o hino de pessoas fortes, sinceras e singelas c…

Rumo a casa nova!!!!

Oh, na segunda já vou ter novidades sobre meu novo lar!!! Aguardem, que estou em construção. Hehehehe

Aos amigos, com carinho...

Bons Amigos

Abençoados os que possuem amigos,
os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede
não se compra nem se vende
amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos
os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala
não questiona nem se rende
amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos
os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora
amigo não tem hora
pra consolar!

Benditos sejam todos os amigos
que acreditam na tua verdade
ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção
é a base, quando falta o chão.

Benditos todos os amigos
de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros
de real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

(Machado de Assis)

Mudanças e de mudança, de novo

Advinhem? Pois é. Minha vida está mais alterada do que pressão arterial de hipertenso, hehehehe. Desde sexta-feira (14), acontecimentos fizeram com que desse uma reviravolta em minhas decisões. Já não vou mais embora dessa cidade. Vou ficar e levar meus projetos pessoais e profissionais (resoluções) para frente, pelo menos até dezembro.

Confira a listinha:

- Vou exigir um aumento salarial !!!!
- Buscar frilas em produção textual
- Fazer meu estágio e produzir o relatório para adquirir a titulação de especialista em Comunicação Empresarial
- Ir para Montevidéo com a turma da pós para fazer a visita técnica nas empresas, além de tentar a sorte nos cassinos e achar uma casa de boleros e tangos, porque também não sou santa, hehehe
- Começar a cuidar mais da minha saúde, que não é de ferro e também porque não tenho o corpo fechado, além de ser descuidada
- Voltar a ler
- Fazer academia (iria adorar que fosse hidro, mas é muito caro aqui, também poderia ser boxe, mas não esta modalidade nesta cida…

Curtas

Nicotina
É. Definitivamente tenho a personalidade fraca. Estou reativando o vício. E agora não terei mais a desculpa, para mim mesma, de dizer que quando estiver planejando a Sofia, irei parar de fumar. Essa gestação não virá. Talvez o exemplo de casa me faça parar de novo, definitivamente. Não quero ficar sem as minhas pernas também.

Ditado
O que os olhos não vêem, o coração não sente. Esta frase nunca caiu tão bem quanto agora. Queria eu não perceber nada e enxergar nada em alguns momentos. Queria eu ficar na dúvida, na incerteza. Mas, infelizmente, não dá. Mérde!

Matérias Pagas
O bom de fazer matéria paga nessa cidade é que algumas pessoas são umas figuras. Ultimamente tem acontecido momento de descontração quando saio para faze-las. Delícia. Pena que tenho que voltar para a redação do pasquim, hehehe.

Livros
Uma das coisas que adoro fazer é ler. E faz muito tempo que venho negligenciando esse hábito e prazer. Ontem, terça-feira (17), me veio uma vontade tão doida de ler que peguei empres…

Quase Dona Fifi

Quer saber? Já sei o que me faz mal nesta cidade. É a falta de vida social. Desculpem-me os videirenses, mas ninguém sabe fazer amizades por aqui. Por conseqüência, ninguém sabe conviver com outras pessoas, de forma desinteressada, relaxada, sincera. Ninguém conhece o prazer por aqui. A vida social é nula e não por que faltam alternativas e sim porque para se fazer algo em conjunto tem que ter um motivo, um bom motivo na opinião deles.

Precisa de algo melhor do que estar reunido com amigos? Num bate-papo sem compromisso, sem provocações ou comprovações do intelecto ou do conhecimento geral. Tudo aqui precisa de uma justificativa, de alegação, de razão. O povinho chato esse. Feio e ainda se acham no direito de serem prepotentes. Não consigo entender como conseguem ser felizes assim. Meu lema aqui - Vivo por prazer e tenho prazer em viver - está quase indo por água baixo.

Minha luta aqui é diária. Preciso matar vários leões por dia. E no final de cada batalha, ao invés de descontrair, vou…

Amor, Meu Grande Amor

by Angela Ro Ro e Ana Terra

Amor, meu grande amor, não chegue na hora marcada
Assim como as canções, como as paixões e as palavras
Me veja nos seus olhos, na minha cara lavada
Me venha sem saber se sou fogo ou se sou água
Amor, meu grande amor, me chegue assim bem de repente
Sem nome ou sobrenome, sem sentir o que não sente

Pois tudo o que ofereço é meu calor, meu endereço
A vida do teu filho desde o fim até o começo

Amor, meu grande amor, só dure o tempo que mereça
E quando me quiser que seja de qualquer maneira
Enquanto me tiver que eu seja a última e a primeira
E quando eu te encontrar, meu grande amor, porfavor, me reconheça

Pois tudo o que ofereço é meu calor, meu endereço
A vida do teu filho desde o fim até o começo

______
Isso é tudo que quero no momento. Um amor, que seja meu, e que me reconheça. Aliás, quem não quer... Se habilita?

Reintegração de Posse

É isso que a justiça concede aos proprietários que têm as suas propriedades invadidas por pessoas que se acham no direito de tomar o que é dos outros. Nos últimos anos, essa questão é muito comum entre agropecuários e os Sem Terra. Mas neste caso, o envolvimento de um terceiro organismo também contribuiu para que isso ocorresse com mais ênfase, que é a administração pública federal, que há décadas negligencia a reforma agrária no país.

Mas neste post não vou falar sobre a questão prática e sim emocional. Pela primeira vez vou vestir a pele dos Donos de Terra e tentar explicitar aqui o que eles sentem quando têm suas terras de volta. Vocês devem estar confusos sobre o porque disso agora, mas - como diz a minha mãe, que adora um dito popular -, “para um bom entendedor, meia palavra basta”.

Então, a sensação que tenho é que, depois de anos trabalhando, ambicionando, idealizando sua propriedade rural, o fazendeiro consegue a tão desejada terrinha para cultivar, desenvolver o que melhor sabe…

Nome

Elaine - Variação de Helena. Está ligado com o astro Sol. Significa tocha,luz.Indica uma pessoa que parece estar sempre olhando para dentro de si em busca da sua verdadeira personalidade. E ela sabe tirar proveito dessa tendência, que lhe permite analisar bem todas as questões antes de tomar uma decisão irreversível.
______
Meu padrinho Bizuca escolheu bem. Obrigada!

O texto como catarse

by Moacyr Scliar

Pessoas inteiramente felizes não escrevem. Escrever é algo que resulta de algum grau de mal-estar

A palavra mais usada na literatura atual é muito curta: "eu". O número de textos escritos na primeira pessoa é cada vez maior e configura uma verdadeira tendência, que já tinha sido antecipada pelo jornalista e escritor Tom Wolfe, quando se referiu aos anos 70 como a "Me Decade", a década do eu. Na verdade, é a culminação de um longo processo inaugurado pela modernidade que, ao consagrar a noção do indivíduo, possibilitou esse tipo de literatura, praticamente desconhecida no passado. As numerosas narrativas da Bíblia, para ficar só num exemplo clássico, foram elaboradas por autores anônimos que jamais ousariam deixar sua marca pessoal no texto sagrado.

É preciso dizer que esse fenômeno não significa necessariamente egoísmo ou vaidade, pode ser uma reação ao passado que negava individualidades e padronizava os modos de ser. A "Me Decade" e a lit…

Vestido Estampado

Ana Carolina

Acabou
Agora ta tudo acabado
Seu vestido estampado
Dê a quem pudesse servir
Agora que eu não posso mais caber em ti
Não quero ti ver, dizem que você não quer mais me olhar
Como velhos desconhecidos se você não me escuta eu não vou te chamar
O amor que eu dei não foi o mesmo que eu vi acabar
O amor só mudou de cor, agora já ta desbotado
Corra lá vem à tristeza atirando pra todos os lados
Pegue o vestido estampado, guarde pro carnaval
Guarde que eu nunca te quis mal
Até o feriado quarta-feira de cinzas e tá tudo acabado

Agora ta tudo acabado
Seu vestido estampado
Dê a quem pudesse servir
Agora que eu não posso mais caber em ti
Não quero ti ver, dizem que você não quer mais me olhar
Como velhos desconhecidos se você não me escuta eu não vou te chamar
O amor que eu dei não foi o mesmo que eu vi acabar
O amor só mudou de cor, agora já ta desbotado
Corra lá vem à tristeza atirando pra todos os lados
Pegue o vestido estampado, guarde pro carnaval
Guarde que eu nunca te quis mal
Até o feriado quarta-feir…

Elaine

Eu sou letra simples
Minha caligrafia sou eu
Uma suburbana, com fé e rebeldia
Visionária, estrangeira de um país
Operária sem medo de ser feliz
De olhos castanhos a olhar pro céu
Panfletando a minha arte e minha raiz
Por isso a poesia não me abandonou, nunca
Me deixou
Por isso a poesia não me abandonou
Eu, somente eu
Escrito por mim sozinha
Ninguém mais do que eu
Minha voz, sou eu sozinha
De fato é difícil conviver assim
Com tudo aquilo que eu quero de mim
De fato é pesado ter que aceitar
Toda a realidade que sinto no ar
Por isso a poesia não me abandonou, nunca
Me deixou
Por isso a poesia não me abandonou
________
Esse texto, A Poesia e Eu, de um tal de Kim, está na home do orkut.
Sou letra simples mesmo. O problema é que as pessoas não sabem ler
e nem ver a letra simples. Para isso, vou ajudar.
Como sempre estarei facilitando as coisas
(embora muitos pensem o contrário). Vou fazer um verbete,
do tipo dicionário, sobre mim mesma.

Sábado

Queridos

Hoje acordei pensativa, reflexiva sobre o que venho percebendo em minha volta. Cheguei a conclusão que estou sofrendo momentos de perdas. Perdas afetivas, perdas profissionais, perdas nas relações. São coisas que surgiram e vieram provocadas pelo povo do entorno. Que me foram provocadas e eu, como não sei deixar de reagir, respondo da forma que me comunicam. É o que costumo chamar de Ação e Reação.

Já não sinto mais tristeza nisso tudo. Pelo menos o meu drama familiar me ensinou que por pouca coisa não se chora, não se lastima. As sensações acumuladas de quarta até ontem me ensinaram que, agora, também não se briga. Vou deixar o barco rolar. Vou seguir com a maré.

Enfim, vi nas minhas emoções matutinas que também estou cansada de reagir. Dessa vez vou ficar na minha. Como diz o Sancho, "não responde para não dar briga". E eu, como uma legítima Dom Quixote, ignorava. É ignorava o conselho, até sexta. Agora vou seguir à risca, tudo que ele me disser. Qualquer coisa, he…

Hoje

O Anjo Silvia vai alçar vôo esse findi e aportar em outra cidade, para auxiliar outro vivente, além de se divertir também. Já estou sentindo falta. Mas não vou ser egoísta. Boa Viagem!
______
Fazem dois dias que tenho que suportar “coisinhas” em minha volta. Depois, quando fico de cara amarrada, estou reinando. Pôxa, não tenho tratado ninguém mal, estou educada, de bem com todo mundo, aí vem pessoinhas tentar me boicotar... Aí é foda.
_____
Enfim, o final de semana. Quem não quer paz, tranqüilidade e FESTA!!!!! Hehehehe, o problema é a grana. Mas zuzobem.
_____
Ontem, em casa, fui dar uma relaxadinha e esquentadinha no corpitcho com os meus vinhos. Adivinhem? Avinagrou... Putz!

Fragmento

A Semana

Minhas noites no hospital eram as ímpares. Terça (27), quinta (29) e sábado (1º). Depois de ficar mais de 12 horas de plantão no domingo, sendo que desse tempo, seis horas foi o tempo da cirurgia; passar a segunda de plantão com minha mãe, como ela ficava todos os dias, na terça fui cuidar de mim.

Nesse dia também era o dia de jogo do Brasil (Brasil x Ghana) e, como sempre, fiz minha torcida contra, hehehe. Não deu certo. Mas depois fui ao centrão de Porto Alegre. Foi quando comecei a organizar minhas coisas para trazer para Videira. No final da tarde fui para o hospital fazer o meu turno. Foi uma noite mal dormida, das 4 às 7 horas da manhã, pq no início da noite não houve sono, só companhia ao velho, que tinha viagens psicológicas por conta da morfina – juro que pensei em começar a comercializar o negócio, dá barato mesmo, além de passar a dor.

O restante da semana não foi diferente. Entre hospital, centrão, um pouco de internet, houve também os almoços com o César, maravilhos…
Esta é a face de um anjo. Para minha sorte, ele mora lá em casa e atende pelo nome de Silvia Angélica. Vê se pode uma coisa dessas... Ainda tenta desfarçar, mas até o nome entrega.

Hoje

Hummm, estar num momento Narciso até que é dilícia... Hehehe. Estou tão convencida que, como não tenho espelho no meu quarto, de corpo inteiro (faço a maquiagem em frente ao espelho do banheiro, que mal dá para ver o meu rostão, quem diria o corpo inteiro, hehehe). Depois, chego no jornal, ligo o Seve(rino) e sorrio para mim mesma, já que estou de plano de fundo. Como bonita eu sempre fui, agora estou me achando linda mesmo.
_____
E parece que não é só eu que estou pensando a mesma coisa. Os pedreiros da obra da Casa Faísca estão pensando o mesmo (eles são bonitinhos e fortes...). Todo o dia, quando vou trabalhar, eles param, olham e sorriem. Bem como gosto; dentes brancos num sorriso franco. Tem coisa melhor para começar o dia do que receber olhares de admiração?
_____
Ontem doei minha samambaia para o Luigi (digo, o Sancho – foi publicar a foto dele aqui, a qualquer momento). Vim conversando com ela desde casa, para que ela não sofresse com a mudança. Disse a ela que estaria melhor com …

O Sol

Jota Quest - composição de Antônio Júlio Nastácia

Ei dor...eu não te escuto mais
Você não me leva a nada
Ei medo...eu não te escuto mais
Você não me leva a nada
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou
Ei dor...eu não te escuto mais
Você não me leva a nada
Ei medo...eu não te escuto mais
Você não me leva a nada
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou
É pra lá que eu vou
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá vou
É pra lá que eu vouYeah
Caminho do sol babyLalalalala
Caminho do sol baby
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou
É pra lá que eu vou
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou
É pra lá que eu vou
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou
É pra lá que eu vou
E se quiser saber pr…

Fragmentos

Dores do Mundo

No sábado 24, depois de acordar lentamente, comecei meu processo de qualidade total no meu quarto, sob os preceitos do programa 5S. Mas isso depois de ter assistido Crash – no limite. Nossa!!! Pensei e repensei toda a minha vida com esse filme.
No final da “fita” cheguei a conclusão de que não fui à aula porque estava cansada das dores do mundo. Porque não queria sorrir enquanto tinha vontade de chorar. Porque não queria ir para casa e ter que ver e conviver de perto com o drama que meus pais estão vivendo. Não queria ter notícias ruins ao chegar em casa casa e ter que assumir uma postura responsável, tomar decisões, incitar participação dos firmãos, contribuir para a harmonização do lar.
Tudo isso era muito pesado para mim no momento em que eu tentava emergir do que sobrou de um amor desprezado. Mas tive que encarar os fatos, enfrentar meus medos e assumir meu papel de filha responsável, que sempre fui, quando soube da cirurgia do meu pai. Não me fiz de rogada. Passei ess…

Charme do Mundo

Marina Lima e Antônio Cícero

Eu tenho febre, eu sei
É um fogo leve que eu peguei
Do mar, ou de amar, não sei
Mas deve ser da idade
Acho que o mundo faz charme
E que ele sabe como encantar
Por isso sou levada, e vou
Nessa magia de verdade
O fato é que sou sua amiga,
Ele me intriga demais
É um mundo tão novo
Que mundo mais louco,
Até mais que eu
É febre, amor,
E eu quero mais,
Tudo o que quero,
Sério,
É todo esse mistério
____


Tem uma comunidade no orkut que assim que me convidaram, aceitei. "Se nada der certo nessa vida, viro hippie". Não sei o que vai ser da minha vida a partir de setembro, só sei que vou para o charme do mundo e se, realmente, nada der certo nessa vida, podem crer, viro hippie mesmo. Pode haver coisa melhor? Hehehehe

Hoje

Curtas

Estou conseguindo, com sucesso, manter a resolução nova. Realmente estou mais descolada, embora algumas ceninhas e percepções ainda me incomodem (outras até me enojam). Enfim, nada que não possa ignorar.
_______
O que sei é que minha nova postura está garantindo até cantadas bem sucedidas. A última foi a domingueira. Vou postar o acontecido aqui. Não posso pular a seqüência da restrospectiva, hehehe.
______
O Anjo Silvia comprou seu Note Book ontem. Achei o máximo e fiquei bem contente com mais um habitante na casa. O nome dele é Nicolas (Cage). Ela também está bem feliz com o Nic. Parabéns Silvitcha.
_____
O Téo perguntou se havia bebido hoje, antes do almoço. Hehehehe. Foi muito engraçado. Parece até boicote ao meu bem estar, que por sinal tem sobrevivido e se desenvolvido sem bebidas alcóolicas. Tá certo que gosto de um vinhozinho no inverno, de uma ceva no calor ou na night, mas daí para o alcoolismo tá bem longe, até porque isso é coisa de gente fraca (me desculpem o preconceito…

Fragmentos

Copa 2006

Brasil e Japan, quinta-feira 22. Eu, de afrobrasileira virei bombom nipônica, como diz a Lê Castro. Ela também dizia que eu estava passando por um surto anti-nacionalista, mas vcs já sabem sobre a minha paixão futebolística, hehehe.
Bem, o Brasil ganhou e eu bebi todas nesse dia. Depois, como anda acontecendo comigo, fico com um laricão FDP. Então eu como tudo que vejo pela frente. Antas era churras, mas agora, sem a cobertura, nada mais disso. Essa foi a desvantagem de não se ter mais uma cobertura. Então fui no Tip-ti comer um Xis Bagunça. Aquilo é animal. Até agora nunca consegui comer um inteiro.
Depois de bem alimentada pedi uma carona para o amigo do Luigi (que tava muito pervo e divertido). O cara, realmente, é muito engraçado – e gente fina também. Cheguei em casa (a vantagem do apê novo é o Anjo Sílvia que mora lá, como ela não tem asas chamo de amiga, como me disse minha também amiga Valéria) ébria, mas sempre lúcida, e pedi conselhos para a Silvitcha, que muito pron…

Vambora

Adriana Calcanhotto


Entre por essa porta agora
E diga que me adora
Você tem meia hora
Pra mudar a minha vida
Vem, v'ambora
Que o que você demora
É o que o tempo leva
Ainda tem o seu perfume pela casa
Ainda tem você na sala
Porque meu coração dispara
Quando tem o seu cheiro
Dentro de um livro
Dentro da noite veloz
Ainda tem o seu perfume pela casa
Ainda tem você na sala
Porque meu coração dispara
Quando tem o seu cheiro
Dentro de um livro
Na cinza das horas
______
Estava com saudades de ouvir os meus CDs. Cheguei em casa e ouvir três, entre eles estava esse da Adriana Calcanhoto - Público. Ouvi Vambora, bem feliz, e nem chorei. Dormi tanto que acordei tarde.

Fragmentos

Muito tempo longe do Fred e do Seve(rino) me fizeram pensar em mais um computer minha vida. Agora um note book. Senti falta de teclar durante as noites mal dormidas, as tardes solitárias e de, principalmente, desabafar para o monitor.

O Severino nem tanto, mas o Fred... Ele já está acostumado a ver minhas lágrimas, segurar meu pranto e acollher minhas palavras, minhas mal traçadas linhas. Se bem que, os últimos acontecimentos me fizeram mais forte e realista. Me colocaram de frente com emoções verdadeiramente frustrantes, com dores físicas extremas e indesejadas, que parei de sofrer por um ‘café pequeno’.

Mesmo assim, esse período longe dos meus amigos de placas, chips, bytes, ondas magnéticas e tudo mais me deixaram inquieta. As duas, ou menos, horinhas na internet não foram suficientes para amenizar minhas dores familiares, ansiedade, saudades e inquietações. Foi nesses dias que fiquei resoluta de muitas coisas e uma delas é de que preciso de um Note ou um Lap Top. Decidi. Esse vai s…

Tevê a cabo

Estava eu zapeando pela tevê do hospital, em um momento em que o pai dormia. Como o hospital é chique (não tanto quanto o Moinhos, é claro, mas é que o pai gosta mais do Mãe de Deus, além de ficar mais a mão de casa), tem canais a cabo. Então, cheguei no People And Arts – que adoro – e adivinha (Riva?) o que estava dando? American Chopper. É!!!

Oh, não gosto de moto, mas porque tenho medo. Isso porque perdi o hábito de andar. Quando adolescente adorava. Vivia na garupa do meu cunhado. Acho até que mais que a minha irmã, hehehe. Depois, meu tio Adão (que hoje mora em Curitiba) tinha uma motoca bem bonita – tipo CB400 – e que tinha rádio. Era show andar com ele. Primeiro porque ele sempre foi bonitão. O negão zoiudo, de cabeça raspada (estilo único para a época) e fortão chamava a atenão da mulherada. Depois, porque em cima daquela moto ele era tudo. Depois porque ele acelerava, forte, voando pelas ruas do Morro Santo Antônio, em Porto Alegre, com som alto, e comigo “balançando” as tranç…
Vive la France! ! ! Já estava esquecendo o meu surto antinacionalista, hehehe. 3x2

Devaneios II

São 4h03 de uma quarta-feira. Joseph tenta dormir, mas não consegue. Já é sua terceira tentativa.

Ele olha para os lados e não reconhece o lugar. Diz à Sofia que o trocaram de quarto sem nem ao menos terem saído do lugar.

As luzes são acesas quando Marcelo entra no ambiente à meia luz. Então, Joseph percebe que está no mesmo lugar. Mesmo assim, continua a dizer, agora para o rapaz, que há três dias seu banho é negligenciado e seu curativo não é trocado. As justificativas de sua filha já não lhe são mais válidas, mas as do enfermeiro ele aceita. Sofia não se importa, mas espera que as coisas, no final, se resolvam sob o menor trauma possível, para todos.

- Eu tô colado na cama. Tem que trocar esse lençol.

Reclama agora para o atendente que consegue ter paciência e atenção às 4 horas da manhã. Sofia também está cordata com os devaneios. Por isso usa uma voz macia e com ela auxilia o enfermeiro a esclarecer, novamente, que ainda não amanheceu. Que o curativo só vai ser trocado após o banho, …

Saudade De Jackson Do Pandeiro

Clube do Balanço - by Bebeu e Luiz Vagner

Tô com saudade de Jackson do Pandeiro
Tô com saudade que é coisa de brasileiro

Quando eu era criança, me perdia na lambança e na quebrada dessa dança eu só queria ver quem não balançava a pança

Tô com saudade de Jackson do Pandeiro
Tô com saudade que é coisa de brasileiro

Vem cá moreninha gostosa dá um beijo, dá um beijo nesse nego sofredor.
Faz graça pro Nego, deixa ele emocionado cafuneia vem viver um grande amor

Tô com saudade de Jackson do Pandeiro
Tô com saudade que é coisa de brasileiro

Gordurinha, Chocolate, Gasolina, Caco Velho, Bola 7, Guitarreiro Swingueiro
Luiz Vagner, Bebeto, Branca Di Neve, Simonal, Babulinas Swingueiros do Brasil.
Gordurinha, Chocolate, Gasolina, Caco Velho, Bola 7, Guitarreiro Swuingueiro, Dominguinhos, Caçulinha, Oswaldinho e Luiz Gonzaga vão sanfonando este Brasil.

Tô com saudade...
_________
Incrível. Estou com saudades do povo videirense. Imagina daqui a dois meses então... Ainda bem que existe telefone, MSN e torpedos…