Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2014

Amor tem CEP ou IP?

Os tempos mudam tudo. Até a forma que nos relacionamos com as pessoas. Que se ama, digamos assim.
Hoje em dia não é difícil de ouvir das pessoas a forma mais atual de como conheceram os maridos. Adeus fila do supermercado, balada, festa de família, escola ou faculdade, CLJ... Há muito tempo o lance é a internet e seus aplicativos. E sim, eu aderi às novas modalidades faz tempo.
Na semana passada, minha terapeuta lembrou das antigas agências de casamento . Tu pagava para que uma pessoa buscasse possibilidades de acordo com o perfil pré estipulado por um candidato.
- Por favor, eu quero me apaixonar e casar por um homem alto, bem estabelecido, de nível superior, que goste de viajar, de aventuras, que não fume, mas pode beber socialmente. Ele não pode ter filhos, ou que tenha apenas um filho, mas disposto a adotar um ou mais crianças caso eu ou ele não possamos ser pais biológicos. O candidato tem que ter casa própria e que more sozinho. Prefiro homens negros, fortes e que goste de uma vi…