Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

Muitos quereres? Tenho!

Eu queria querer-te amar o amor
Construir-nos dulcíssima prisão
Encontrar a mais justa adequação
Tudo métrica e rima e nunca dor
Mas a vida é real e é de viés
E vê só que cilada o amor me armou
Eu te quero (e não queres) como sou
Não te quero (e não queres) como és

Lembranças de sonhos e parcerias

Facebook gera lembranças. Hora que provocam risos, hora que provocam lágrimas. Essa foto minha e de minha mãe é de agosto de 2012. Sorri com a lembrança e chorei de saudades.

Lembrei do quanto meus sábados eram mais palatares, degustativos, festivos, familiares. Minha mãe, também minha amiga, era parceira para as mordomias que eu nos impunha.

Gosto de ir em feiras. De passear entre as bancas de verduras, especiarias, temperos frescos, doces... De conversar com os feirantes, de provar. De comer pastel e tomar caldo de cana.

Nesses momentos, lá estava ela ao meu lado.  :)

E no sexto dia da semana, se houvesse o astro rei rasgando o céu com seus raios, estávamos em qualquer lugar que quiséssemos. Então institui: sábado era o nosso dia. De nos propiciar bons momentos, novas experiências, de sermos consumistas.

Quase sempre saíamos para almoçar. Comer uma tainha assada no Mercado Público de Porto Alegre com uma cerveja premium bem gelada. Quase congelada. Disto, minha mãe gostava mais do …

"Vou de encontro com gente da mesma sintonia"

Que falta o negro gato já está fazendo para a música brasileira.

A prova disto é que a união delícia dele, o mestre Luiz Melodia, com a rapper Karol Conká não vai acontecer novamente. Nem esta e nem outras experiências.

Não sei quanto a vocês, mas eu estou perdendo minhas referências de vida, para a vida. Sem peça de reposição. E assim segue o rio; a música... Nós sem Melodia.

Por que agora a melodia mudou o tom. Está mais alto. O gato subiu no telhado e não vai mais descer...



Sensacional o prazer que a vida me dá
Abro minha mente e deixo ela me levar
Vou de encontro com gente da mesma sintonia
Que sendo noite ou dia cultivam a alegria
Permito-me voar sem medo de arriscar
Pode me acompanhar caso queira se elevar