Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2010

Será mesmo?!

Os mais velhos, claro que apenas alguns, juram de pé juntos que o homem nunca pisou na lua. Para esses, é tudo uma grande invenção do homem. Eu acredito. Nisso, nos Ovnis, nos ETs, na bruxa do 71 e na Dona Florinda também.

Mas esse não é o motivo de eu estar aqui. Vim apenas avisar que ficarei sem internet por mais alguns dias. No Lar Doce Lar a coisa é obsoleta ainda...



Fazeroquê?

Bá, vou pra Porto...

Meu computador tem um talho na diagonal do seu monitor. A Frida Kahlo agora tem o que sua real pessoa tinha: cicatrizes! Eu chorei. Fiquei triste. Afinal, agora é tudo que tenho – um netbook semi novo e semi quebrado, que de certo mal vai durar até o final do ano.

Nem quero saber o que pode ter acontecido com o Lacraia. Os dois estavam juntos, na mesma mochila, prensados entre uma caixa de quinquilharias e a porta do bagageiro. Um pouco de muita birra, alguns xingamentos que doeram os ouvidos e o peito e salvei um pouco da minha independência. Mas mudança é assim mesmo. Sempre tem avarias... Ainda bem que o Shazan está bem. Isso me consola!

Chorei também pelos afetos. Fiquei triste de estar me afastando deles. Alguns já distantes de mim há algum tempo, outros tão ao alcance da mão... Pensei que fosse ser fácil despedidas, mas não. Meu coração parte apertado, mas certo do que precisa e do que busca.

Eu tenho que voltar em 30, quem sabe, por motivos profissionais, mas não quero ver ningué…

Chocada com o Prates...

Está todo mundo chocado com a morte do filho da Cissa Guimarães. Eu estou chocada é com a total falta de respeito do ser humano com o próximo, com a displicência com a vida alheia, com a imprudência, com as vaidades... Nisso, lá se vai mais um jovem que, de certo, ainda não havia sentido o gosto bom da vida. Isso sim me choca.

Na verdade eu lamento toda perda humana e animal. Independente da idade, de raça, credo, opinião política... Claro, que a gente se sensibiliza mais ainda com aqueles que estão ao nosso lado, que nos são próximo. Mas mortes violentas sempre nos alertam sobre a capacidade maligna ou inconseqüente do que nossos “semelhantes” podem cometer, como no caso de Eliza Samudio.

Mas o que fiquei de cara mesmo foi com o comentário de Luiz Carlos Prates, hoje, no Jornal do Almoço de SC. Quanta bobagem uma pessoa pode dizer em rede televisiva... É como se houvesse justificativa para a morte de um jovem que, inadvertidamente, andava de skate numa via pública carioca, de madrugad…

DIETA: Elas não morrem, só murcham

Dá para acreditar? Sim. Eu sou uma pessoa de boa vontade e fé até a respeito de dietas, metabolismo e células de gordura. Alguém me disse há pouco tempo, que elas não morrem, só murcham. Confiei, mas fiquei tão triste...

Esta mesma pessoa ainda apoiou essa afirmação no fato de que engordamos mais rápido do que emagrecemos por que elas estão lá, adormecidas. Num sono leve... Só para não perder a oportunidade de algum período de exagero que estejamos passando. E nesse vacilo é que elas voltam a ativa.

No meu caso, esse tempo é meio prolongado, para não dizer eterno. Tem aquele dito popular que garante que nada é pra sempre. Até concordo a respeito da minha obesidade, afinal, emagreci mais de 20 quilos há três anos. Fui “magra” por outros 12 meses subseqüentes e depois, boom! Elas despertaram. Gente chata essas células de gorduras...

Ou seja, há quase dois anos estou bem gorda de novo. Mais um motivo para acreditar na informante, já que todas as minhas células de gordura já não estão mais m…

Bem igual

Qualquer semelhança não é coincidência. Sou e estou toda atrapalhada, que nem o Homer Simpson [não era essa imagem, mas achei mais conveniente utilizar essa para o momento]. Meu problema é ter tempo, pois sempre vou deixar para a última hora mesmo... Mas estou tentando reverter esta situação. Por exemplo, teto vender os móveis e eletrodomésticos, mas não estou tendo êxito. Isso quer dizer que vou ter que cancelar a viagem a Curitiba, como pretendia fazer nesse final de semana.

Em contrapartida tenho presentes. Uma festa surpresa que agora não é mais surpresa está sendo organizada para mim. Não poderei usufruir dela se estiver viajando, mas creio que isso não irá acontecer mesmo. Com isso ganho tempo para me desfazer dos bens, para ficar na cama enquanto o gelo derrete do lado de fora, para organizar o bota fora dessa semana e caminhar até o tatuador...

Sim, farei mais uma marca no corpo. Essa está planejada há mais de um ano, mas só agora irei fazer. Como será a oitava, vou tratar logo …

Dicas de Rhett Butler [1]

Mete mais!

Estou vivendo um amor repentino por Carpinejar. Sua entrevista no Jô Soares na última sexta-feira foi bem legal. Deu até vontade de ler Canalha e depois Mulher Perdigueira. Ah! Desculpe Cíntia, mas ele não te pertence mais. Ele é de todas!

Música, Arte e Poesia [tudo junto e misturado]

Pela Luz dos Olhos Teus Tom Jobim
(Ela canta) Quando a luz dos olhos meus E a luz dos olhos teus Resolvem se encontrar
Ai, que bom que isso é meu Deus Que frio que me dá o encontro desse olhar Mas se a luz dos olhos teus Resiste aos olhos meus Só pra me provocar Meu amor juro por Deus Me sinto incendiar

(Ele canta)
Meu amor juro por Deus Que a luz dos olhos meus Já não pode esperar Quero a luz dos olhos meus Na luz dos olhos teus Sem mais la ra ra ra... Pela luz dos olhos teus Eu acho meu amor que só se pode achar Que a luz dos olhos meus precisa se casar

Paragem - Frida Kahlo
Na última semana houve várias homenagens. Sobre perdas, mas homenagens. Cazuza, o poeta endemoniado, morreu há 20 anos. Eu tinha 15 quando perdemos este artista brasileiro, irreverente, saliente... Jovem assim e já o admirava, já cantava suas canções, como se tivesse vivido um amor moído no liquidificador. Se soubesse o que representava isso na alma e no peito não haveria de me emocionar tanto com suas músicas.

Cazuza morr…

Livre

Liberdade na vida é ter um amor para se prender
Fabrício Carpinejar

Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai ai, ai, ai, ai...

Só quatro piscadinhas e pronto. Passou o tempo. A Copa do Mundo na África do Sul está na final e hoje, em Johanesburgo, a FIFA revelou a logomarca do mundial brasileiro de 2014. Para os amantes do futebol - o que não é o meu caso - vos digo: passa rapidinho!

Faço a comparação com o tempo que estou em Videira. Lá se vão quatro anos e meio. Sem sentir... Às vezes penso que poderia ter aproveitado mais, às vezes penso que fiz o que tive que fazer e até um pouco mais sobre alguns assuntos. A única certeza é de que nesse período o que me doeu foram as saudades, as diferenças culturais e estruturais, o processo de adaptação em si. Mas os 1642 em que estou no meio oeste catarinense estão passando voando, assim como será até a Copa de 2014.

Será uma grande festa brasileira com convidados do Mundo todo. Doze sedes espalhadas por esse Brasil varonil. Coisa de louco será participar dessa muvuca toda. Quero muito poder estar lá, trabalhando na cobertura de um dos maiores eventos do planeta.

Grandes …

...Cachorro, Gato, Galinha.

No twitter sigo as Frases do Calvin, cujas falas me identifico bastante. Uma delas ainda mais: “Nunca consigo fazer todo o ‘Nada’ que quero”. Senti isso na prática nesses primeiros dias de julho, quando passei uma semana com mãe e tia. Pouco tempo para nós. Pouco tempo só para mim.

A visita das parentas me deixou longe da blogosfera nos últimos dias. Confesso que gostei. Foram dias de exageros gastronômicos, consumistas, caminhadas excessivas, fofocas de família e muito carinho. Elas vieram de Porto Alegre me ajudar com a mudança, selecionar objetos e empacotar outros. Mas, na verdade, fizemos é nada. Diliça!

As duas senhoras entraram e saíram de lojas do comércio de Videira cansativamente. Eu ganhei mimos, como uma valise linda, verde, que eu cobiçava há anos para minhas pequenas viagens. Gastei o dinheiro delas com comidinhas, doces, e mais compras. Fiz a mãe trocar de bolsa e de carteira e a tia a comprar uma bota de calcanhar e uma bolsa também. Fora outros objetos de casa e cozinha…