Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2007
coelhinho da Páscoa já está sendo bom comigo. espero que ele continue assim até o papai noel chegar! e como não poderia faltar; uma reclamaçãozinha: bem que poderia melhorar, para o meu coração sossegar... (até rimei!)

pensamentos...

tive uns pensamentos tórpidos hoje, enquanto tomava caldo de cana no estacionamento do supermercado, mas fortes. desejei duas coisas para este ano, para serem realizados até dezembro. na verdade estes desejos já estavam na minha cabeça desde o ano passado, mas voltaram com força hoje: Quero comprar meu carro e engravidar...
fiquei preocupada comigo mesma, com a força que o segundo desejo veio. confesso... estou com medo.

Meu Rei, Meu Esposo, Meu amor

Sim, fui assistir a 300 ontem e fiquei maravilhada com os espartanos. Nossa... Aqueles atores todos lindos, sarados, bonitos! E não me importa se o filme é ruim ou bom, feito em estúdio ou em locações. Além de bem editado, com efeitos bacanas, tinha uma homarada... lindos pra burros. Mas o Leônidas, com sua rainha, me deixou tonta. Tanto que quero um espartano pra mim, pra chamar de meu, como fez ele no final do filme. Eu diria: Meu Rei, Meu Esposo, Meu Amor.

Quinta com cara de terça

Na terça-feira, tava tão quente neste buraco que meu corpo pedia duas cervejas para mim. Então, como sou uma boa guria, obedeci-o.

No final do dia desci a lomba, com o sol no lombo, em direção ao Bar Estação (eu adoro este lugar, pena não ter aproveitado mais no verão, aliás, pena eu não ter curtido o verão). 6h15 cheguei lá. Peguei uma mesa perto da luz, porque queria escrever, e logo o garçon veio, com sua simpatia e cardápio.

- Qual cerveja que o senhor tem? Como estava com pouca grana fui na mais barata.
- Skol, por favor e um cinzeiro.

Antes mesmo de sentar a bunda na cadeira, João Vieira surgiu com sua motoca, disfarçado de Formiga Atômica, e prometendo pintar depois de tontear mais um pouco pelas ruas do Centro.

Então sentei, pedi, bebi, enquanto arrumava a minha bolsa, que tava uma zona. Depois fumei, como uma morcega e antes mesmo de pedir a minha segunda, chegou a Silvitcha, com poucos segundos de diferenças do João. Mal tinha acabado de arrumar minhas anotações.

Então fechei me…

Sonoterapia

Fiz sonoterapia ontem. E foi uma dilícia. Deitei às 21h15, abri os olhinhos às 3h, puxei a coberta e só acordei às 7h depois. Nossa, qto tempo... Não fui nem no banheiro, hehehe. Acordar bem descansada, aliviada e tipo Magazine Luiza é tudo nesta vida. Vou aproveitar, porque nunca se sabe como vai ser a tarde ou a sexta-feira. A única certeza é de que agora tudo vai ser mais tranqüilo.

Mea culpa

Vou fazer aqui a “mea culpa” então. Talvez tudo que esteja passando nas últimas duas semanas seja por minha exclusiva culpa. Ser um ‘ser’ de terra, elemento este pragmático, realista, que acredita na matéria, entre outras coisas que fazem da realidade nua e crua, não me fez menos frágil e vulnerável. Pelo contrário.
Nestes últimos 15 dias tenho tido dores de cabeça no final do dia, perda da concentração, transtorno de humor, dor de dente, de coração. Essa coisa de somatizar emoções, sensações e sentimentos por ver o que não se quer ver, ouvir o que não se tem que ouvir, de estar no lugar certo, mas na hora errada, ou vice-versa, tem modificado meu cotidiano. Mea culpa, minha máxima culpa ter deixado chegar nesta situação.
Gostar da pessoa errada, amanhecer bem quando e depois ficar mal, amanhecer mal e depois ficar bem, fingir que está bem quando se quer gritar que se está mal, ouvir meias verdades, sorrir quando se quer chorar, omitir o sorriso e a felicidade para sustentar o não. Tu…

Medida compensatória

Quanto vale um sorriso? Quanto custa uma conversa amena, informal, tranqüila? O que pode se dar em troca de um carinho? Assim caminha a humanidade, como canta Lulu santos.

Para mim tudo isso não tem preço, pois dou de graça o que parece ser parte de mim. Mas acredito que tenha pessoas que pague por tudo isso, para não se sentir sozinho, abandonado, perdido. Confesso que já propus escambos, barganhas em troca de carinho. E o resultado negativo, displicente foi suficiente para entender que quando se pede pouco ou muito, pode se ganhar o nada, em qualquer das circunstâncias. Então, agora prefiro o vinho e o cigarro, a ter que mercantilizar meus sentimentos e desejos. Na balança da vida não tem garantias, o Inmetro não tem ingerência.

Por não querer mais trocar o que daria de graça, e com prazer, que também não aceito medida compensatória. Se não quer ganhar, também não precisa reparar a recusa com brindes, arranjos ou meios carinhos. Soa falso. Inverossímel.

Feriadão!!!

Estou louca para que a páscoa chegue. Nunca esperei um feriado, sem ser reveillon e o meu próprio (é claro, hehehehe), com tanta ansiedade. Primeiro porque vou passar quatro dias ao lado de uma grande amiga e parceira. Depois porque vou descansar e fazer festa ao mesmo tempo. E, por último e não menos importante, vou para a praia... Que dilícia! Acho que nem vou me importar se não tiver grana para comprar meu Kinder Ovo depois...

Exemplo

Vou dar um exemplo do Tudo ou Nada ou de 8 ou 80 para mim:

Quando Eu Te Encontrar
(Biquini Cavadão)

Eu já sei o que os meus olhos vão querer
Quando eu te encontrar,
Impedidos de te ver
Vão querer chorar.
Um riso incontido,
Perdido em algum lugar,
Felicidade que transborda
Parece não querer parar,
Não quer parar,
Não vai parar.

Eu já sei o que meus lábios vão querer
Quando eu te encontrar,
Molhados de prazer
Vão querer beijar.
E o que na vida não se cansa
De se apresentar,
Por ser lugar comum
Deixamos de extravazar,
De demonstrar.

Nunca me disseram
O que devo fazer
Quando a saudade acorda
A beleza que faz sofrer.
Nunca me disseram como devo proceder;
Chorar, beijar, te abraçar,
É isso que quero fazer,
Isso que quero dizer.

Eu já sei o que os meus braços vão querer
Quando eu te encontrar,
Na forma de um C
Vão te abraçar.
Um abraço apertado
Pra você não escapar,
Se você foge me faz crer
Que o mundo pode acabar,
Vai acabar...

Nunca me disseram
O que devo fazer
Quando a saudade acorda
A beleza que faz sofrer.
Nunca me disseram como…

Família tenta viver um ano sem papel higiênico

Um ano sem usar papel higiênico, televisão, elevador ou carro. Essas são algumas das regras do experimento No Impact Man que está realizado por uma família nova-iorquina.
O desafio é, durante um período de 12 meses, desenvolver um estilo de vida que cause o menor impacto possível no meio ambiente.
"Nossa abordagem será pesquisar nossas opções ecológicas e acabar com os nossos danos em cada área: lixo sólido, transporte, energia, por exemplo", escreveu em seu blog Colin Beaven, 43 anos.
"Esperar por senadores e empresários para que mudem a forma com que tratamos o mundo está demorando muito", acrescentou Beaven.
"Não posso agüentar meu lado liberal ficar sentado sem fazer nada. A questão é: como seria se eu assumisse a situação (ou pelo menos uma pequena parte dela) com as minhas próprias mãos?".
No blog, Beaven, um escritor, relata o dia-a-dia da família. A sua esposa, Michelle Conlin, 39 anos, a filha, Isabella, 2 anos, e até o cachorro Frankie embarcaram jun…

Porto Alegre é Demais!

Autoria: José Fogaça Intérprete: Isabela Fogaça

Porto Alegre é que tem Um jeito legal É lá que as gurias etc. e tal
Nas manhãs de domingo
Esperando o Gre-Nal Passear pelo Brique Num alto astral
Porto Alegre me faz
Tão Sentimental Porto Alegre me dói Não diga a ninguém Porto Alegre me tem Não leve a mal A saudade é demais É lá que eu vivo em paz
Quem dera eu pudesse
Ligar o rádio e ouvir Uma nova canção Do Kleiton e Kledir
Andar pelos bares
Nas noites de abril Roubar de repente Um beijo vadio
Porto Alegre me faz
Tão Sentimental
Porto Alegre me dói
Não diga a ninguém Porto Alegre me tem Não leve a mal A saudade é demais É lá que eu vivo em paz
Porto Alegre me dói
Não diga a ninguém Porto Alegre me tem Não leve a mal A saudade é demais É lá que eu vivo em paz
Porto Alegre é demais...!
___
26 de Março: 235 anos alegrando este porto, tão querido por seus filhos.

Sem Prët-à-Porter

Não tem espaço no jornal para informação de qualidade, para prestar serviço a comunidade, e, muito menos para a minha coluna. O Prêt-à-Porter foi recusado desde o início, mas agora foi definitivo. Preciso saber que jornal daria valor a textos sobre o cotidiano. Hum, já sei: o Correio já tem uma colunista. Pessoal de visão...
Destinar ¼ de página por semana, para quem escreve bastante é mais que um não para mim. Significa ter que dizer nada em poucas linhas. Não estou acostumada a isso. A oferta anterior era mais espaçosa, mas escrever uma vez por mês também era inviável para mim. Uma coluna nova, que a cada 30 dias tem que lembrar o leitor que naquela edição teria o Prêt-à-Porter. Que vínculo estranho seria este?
Pois então, já que meu trabalho é pouco valorizado onde estou, vou declinar sobre o convite de um amigo e escrever para o blog dele. “Varejo de idéias”. Nome interessante. Vou começar a preparar o material. Assim meu amor pela escrita, meu prazer, meu trabalho, não vai ser troc…

Velho hábito

A retomada por velhos hábitos agradáveis sempre é bom também. Pois então; voltei a freqüentar o Café Veneza nos finais de semana.
Sábado, depois do almoço na Heidi, outro costume perdido (mas que desta vez vou perder de vez, pois andei gastando demais em comida nos últimos meses - o caderninho me arrepiou) dei uma passada para tomar um pretinho básico. Para acompanhar, revistas. Foram duas horas de leitura instrutiva, divertida e de estímulo a minha criatividade profissional.
Minha leitura preferida no Café tem sido A Notícia, que sábado estava saborosa de coisas fúteis, mas de interesse ao conhecimento geral do ser humano. Nas revistas vou direto dar uma lidinha na “Você”, “Seu Sucesso” e na “Universo Masculino”. Essa última é muito engraçada. As primeiras páginas contêm conteúdo (revista masculina também tem bobagens, não é só a Nova, Cláudia não), mas um pouco antes do meio até o final, tirando as propagandas não sobra nada não. Mas gosto dela, principalmente da página “Clube Ciber”.…

Final de Semana

Depois de um sábado forçado nas emoções, o final de semana terminou bem (mas ainda quero fazer uma outra tatuagem, hehehe). Chocolate, para variar, ajudou muito. E parece que por mais que eu quisesse ficar sozinha, as pessoas não deixavam. Esse apartamento mais parecia a casa da mãe Joana, desde o final da tarde até o início da madrugada de domingo.O sono veio rápido, não sei se pela ajuda de Baco ou do meu livro de memórias, hehehe. O que sei é que domingo acordei bem melhor. Como costumo dizer para mim mesmo: O sol sempre nasce no dia seguinte, mesmo encoberto por nuvens ou por sentimentos tristes. Ele tá sempre lá, brilhante.Mas nada melhor do que papo fora com os amigos, mesmo que seja pelo MSN. Uma boa navegada pela Net também ajuda e a boa e velha Ipanema, que na tarde de domingo toca quatro horas de música brasileira, mais o “momento me deixa”, com espaço para a música gringa. Dá para ficar sabendo o que tá rolando em Porto Alegre assim.

Mais uma... Será?!

Nossa, tenho que parar com isso... Fico deprimida e penso em fazer tatuagem... Assim vou virar a mulher tatuada. Ainda bem que hoje é domingo, o salão está fechado e o homem que me marca agora está de folga. Para garantir vou passar longe do Adair nos próximos dias.

Cinema

No próximo final de semana já terecemos cinema na cidade. Duas salas. Nossa!!! Depois de um ano de shopping e de meses sob a construção do espaço que abrigará a sétima arte por aqui, vou matar a saudade deste prazer inigualável (existem outros, claro, hehehehe).

A dúvida é: que filmes vãos estreiar por aqui? Sei que não devo criar grandes espectativas sobre a programação ou ficar imaginando que um ciclo de filmes japoneses ou neozeolandês - o Paulo, cara gente fina pacas e eu ex-colega de assessoria, comentou que se houvesse um ciclo de filmes neozeolandês em Porto Alegre, eu iria, hehehe. Pior que o cara tava certo - vá passar por aqui. Mas, se alguns que concorreram ao Oscar 2007, além dos vencedores é claro, chegar já vai ser uma dilícia...

Vou linkar alguns filmes que gostaria de assistir ainda. De resto, é o que está nos principais cinemas do Brasil.

Quero ver

Os InfiltradosThe Departed, EUA, 2006
O longa mostra a rivalidade entre a polícia de Boston e uma gangue de traficantes de d…

Furtado do Periférico

21.3.07

Crônica de um homem louco
O que fazer quando tudo começa a dar errado na sua vida? Tem gente que se mata enquanto outros enlouquecem. E apesar de eu jamais pensar na primeira alternativa sou capaz de entender certos indivíduos que metem uma bala nos cornos quando as coisas não vão bem.

Mas o que fazer, torno a perguntar. Talvez esperar a nuvem passar, não sei.

O fato é que normalmente a vida é boa e a gente é que a complica. Eu, por exemplo, tenho motivos de sobra para comemorar. Mas sabe quando várias pequenas coisinhas não funcionam? É como se alguém lá em cima estivesse manipulando as cordinhas pra que a vida ficasse ainda mais quadrada. Você sai na rua, começa a chover e quando volta pra casa a chuva passa. Do nada lhe aparecem verrugas na sola do pé de modo que fazem você mancar feito um besta. Você chega cansado do trabalho e vai apertar o botão do elevador e segundos antes ele foge para o último andar. A empresa diz que durante dois anos você não verá a cor do seu dinheiro,…

Fragmentos do MSN no domingo

Meu amigo Lagman Shikantaza disse que deveria escrever um livro - um romance: “O defeito da felicidade” – e lançar no blog poético. E ainda fez algumas sugestões de diálogos. Então eu disse que este espaço não era poético e sim sobre minha vida. E ele respondeu: “É uma parte da tua psique: Id, ego, super ego e blog”. Também acho isso agora.

Os comunicadores videirenses

Tava uma dilícia a segunda edição da Festa dos Comunicadores. Tudo na paz, comida boa, risos e gargalhadas e pasmem: já com a terceira edição marcada, negociada, arranjada... tudo ada.
No cardápio: sopa de capeleti (aqui é agnoline, mas como n sei escrever nem um e nem outro, vou no costumeiro mesmo: capeleti), vinho, pães, gaiteiro e outras cositas mas. Então, com as bruxas soltas no dia 13 de abril - encontro dos comunicadores videirenses de novo.

Revista Seu Sucesso

Tava lendo esta revista hoje à tarde, no café, e achei este trecho interessante:

"A realidade fundamental é que os seres humanos não são coisas que precisam ser motivados e controlados, são seres com quatro dimensões - corpo, mente, coração e espírito. Esses itens também representam as quatro necessidades e motivações de toda as pessoas: viver (sobrevivência), amar (relacionamentos), aprender (crescimento e desenvolvimento) e deixar um legado (significado e contribuição)".

Sua Dúvida - "A empresa e o humor"
Revista Seu Sucesso
Fevereiro 2007 - N. 48 - Ano 4

Festas!!!

De novo. Festa dos comunicadores, mas agora em maior proporção de pessoas e espaço físico. Por cima já tem 15 pessoas, que hoje à noite vão soltar o verbo e alguns bichinhos mais. Estou curiosa para ver, ouvir e falar também.
Algumas situações prometem já, como a comida, por exemplo, que será preparada de forma coletiva: o Edelcio fará uma costela recheada, que parece uma boa opção, mas nunca comi e estou curiosa para saber como se recheia uma carne com osso desse tipo. A salada e o pão será um misto de dotes culinários femininos e a bebida era por conta dos meninos, agora é cada um por si (coisas da infraestrutura).
De resto, só diversão, espero eu, mas, todo caso vou levar um escudo e a minha espada de menina super poderosa, hehehehe. Se lerem novos post's no final de semana é porque tudos se manteve bem no "país das maravilhas".
Ah, dependendo de hoje, em abril tem mais festinha. Oba!!!
_____
Titãs em Caçador neste sábado. Foi o que me disseram. Aniversário da cidade e o…

Orkut

Sorte de hoje:
Seu raciocínio é perspicaz, rápido e análitico.
____
Eu sei disso e é uma merda ser assim em certos momentos... Beijos no ♥

BBB canta Cazuza

Exagerado
Cazuza

Amor da minha vida
Daqui até a eternidade
Nossos destinos foram traçados
Na maternidade
Paixão cruel desenfreada
Te trago mil rosas roubadas
Pra desculpar minhas mentiras
Minhas mancadas
Exagerado
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado
Eu nunca mais vou respirar
Se você não me notar
Eu posso até morrer de fome
Se você não me amar
E por você eu largo tudo
Vou mendigar, roubar, matar
Até nas coisas mais banais
Pra mim é tudo ou nunca mais
Exagerado
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado
E por você eu largo tudo
Carreira, dinheiro, canudo
Até nas coisas mais banais
Pra mim é tudo ou nunca mais
Exagerado
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado
Jogado aos teus pés
Com mil rosas roubadas
Exagerado
Eu adoro um amor inventado
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado
_____
* tá ervilha, essa é a parte que tu odeia, mas, fazê o que né, se eu adoro música???
* a Carol tava cantarolando essa música hoje. adoro caz…

MALDIÇÃO DE JORNALISTA

Reza a lenda que, quando Deus liberou para os homens o conhecimento sobre como ser jornalista, determinou que aquele "saber" ficaria restrito a um grupo muito pequeno e selecionado. Mas neste pequeno grupo, onde todos se achavam "semi-deuses", já havia aquele que iria trair as determinações divinas. Então, aconteceu o pior!!! Deus, bravo com a traição, resolveu fazer valer alguns mandamentos:
1 - Não terás vida pessoal, familiar ou sentimental;
2 - Não verás teu filho crescer;
3 - Não terás feriado, fins de semana ou qualquer outro tipo de folga;
4 - Terás gastrite, se tiveres sorte... se for como os demais, terás úlcera;
5 - Terás tendinite nos pulsos;
6 - A pressa será teu único amigo e as suas refeições principais serão os lanches, as pizzas e o China in Box;
7 - Teus cabelos ficarão brancos antes do tempo, isso se te sobrarem cabelos;
8 - Tua sanidade mental será posta em cheque antes que completes 5 anos de trabalho;9 - Dormir será considerado período de folga, logo,…

Decisões

A semana começou com reflexões. Fortes pensamentos sobre prosperidade e liberdade. Tudo isso em prol do meu bem-estar. Da minha saúde mental, da minha capacidade de trabalho e de paz pro meu coração.
Precisar tomar decisões para que isso ocorra. Está sendo inevitável a cada dia que passa, a cada instante vivido, em cada golfada de ar respirado que eu tome uma atitude, uma única atitude. Responsabilidades assumidas e não cumpridas estão cutucando minha consciência. Agulhadas emocionais vistas a olhos nus, todos os dias, estão alfinetando meu coração. E, para finalizar, meu bolso vazio todo final do dia, da semana, do mês está me impulsionando para uma decisão final.
As circunstâncias parecem estar a meu favor. Tudo conspirando para que vá ao encontro de um futuro mais tranqüilo, exato, menos relapso. Mas tem algo que me prende ainda, por um fio de linha de algodão, já molhado e desgastado, mas ainda firme.
O que sei é que não tem mais desculpas. É agora ou nunca e, sinceramente, estou ten…

Deu no Coletiva.net

IMPRENSA
Segunda-feira, 19 de Março de 2007
14:03
Relatório alerta para crise mundial nos jornais impressos
O informe 'The State of the News Media 2007', divulgado na última semana nos Estados Unidos, coloca em questão o modelo de negócios da maioria dos jornais mundiais. O documento afirma que, se os executivos do setor não repensarem suas estratégias editoriais, o futuro das empresas jornalísticas poderá ser decidido por investidores não-jornalistas. ‘O Estado da Imprensa’ diz que a sustentabilidade de um jornal não está mais relacionada com sua receita publicitária, desde a consolidação da internet.
Por sua vez, o público acostumou-se a receber notícias gratuitamente, deixando os jornais com um duplo problema: receitas caindo pelo quarto ano consecutivo e leitores cada vez mais exigentes e adeptos de serviços sem custos. Além da circulação e da receita, o valor das ações de empresas jornalísticas também caiu em quase todo o mundo, em especial nos Estados Unidos, onde o sistema …
ai, mas me dá uma raiva perceber a Kelly Key chamando o cachorrinho...
é pácábá com a minha semana desde cedo.

Leitor ervilha

Tenho um novo leitor. Vou chamá-lo de ervilha e ele sabe porque, hehehehe. É muito legal conhecer e ter contato com os leitores do blog. Assim dá para saber ou pelo menos ter noção do porque as pessoas entram no Corderosaecarvao.

Costumava ficar triste cada vez que entrava para postar uma mensagem ou abria meu email e via que não tinha mensagens, digo, comentários nele. Agora não, já me acostumei com o silêncio dos leitores voyeurs. Mas, não deixa de ser agradável a elucidação de dúvidas, curiosidades sobre o que esse povo vem fazer aqui. Afinal, dos três mil leitores, cerca de dois mil são acessos de pessoas que me lêem.

Todo blogueiro sabe que a gente escreve para nós mesmo. Sobre o que a gente gosta, o que sentimos, nossos desejos, prazeres, objetos preferidos, pessoas amigas ou odiadas... Então, saber porque somos tão atraentes assim para outras pessoas é o que mexe com nosso ego. Por isso, ter contato com o Ervilha me parece bem salutar. Afinal, conversamos sobre os post`s. Gosto d…

Comportamento

Convívio espinhoso

"Pessoas difíceis" estão em toda parte - inclusive na nossa própria casa. Ensinar a lidar com elas virou pauta de gurus dos recursos humanos

por PATRÍCIA ROCHA - Jornal Zero Hora

Cristiane F.

Assisti a este filme hoje: Cristiane F. Drogada e prostituída. Não li o livro e nunca me deixaram assistir ao filme quando era transmitido pela tevê aberta. Depois, eu cresci e perdi o interesse.

Sem grana para os lançamentos e com vários filmes desinteressantes na prateleira, fui para acervo. Mais uma vez passei por ela e vi que estava liberada. Então chamei.

Bem produzido o filme. Para uma película com mais de 20 anos, tá ótimo. Condizente com o tema, atuação de atores de bom nível. Gostei. A fotografia é escura, do tempo que para dar mais drama às histórias, isso era um bom artifício.

O filme é pesado, inclusive para os tempos de hoje. Aliás, a degradação humana sempre é algo assustadora. Mas assisti ao filme com um olhar romântico. Com o coração e vi que Cristiane e Detlef, seu namorado, estavam unidos não só pela heroína. Estavam ligados pelo amor também. Então, achei o filme meigo.

Mas tudo isso é para fazer referência a uma fala do namorado da Cristiane. Ela queria um pico e tava s…

O quinto elemento

Sim, agora são cinco. Cinco lindas tutuagens em um lindo e grande corpitcho, hehehehe.

Isso vicia... Depois da primeira, que são as minhas borboletas estilizadas, a segunda veio rapidinho. Aliás, a segunda e a terceira (e nem tão rápido assim também, já as datas foram abril e dezembro, consecutivamente). Estas foram os ideogramas japoneses: amor e paz. Agora sim, com menos de três meses, as outras duas - o gato preto e a minha estrela Cruzeiro do Sul, hehehehe.

Tentei distribuí-las democraticamente pela extensão de pele e tecido adiposo que tenho. As borboletas estão próximo ao pulso, os ideogramas nos ombros, o gato preto acima do pé e o quinto elemento... no púbis (para mim é virilha, mas me explicaram que o lugar se chama púbis, então tá).

O gato doeu tanto, que desisti de continuar me marcando (e olha que ainda faltam muitas para fazer). Enfim, agora vou aquietar e só vou voltar a me picar para fazer o piercing no umbigão. Pra isso precisarei de muita coragem, portanto, nada de mai…

Caldeirão do Huck

Todos que me conhecem sabe que odeio assistir tevê. Tenho que estar muito "perturbada" ou no quarto da Silvitcha (com ela junto) para assistir a programação da tevê aberta. Como hoje por exemplo.

Sábado à tarde... Dia de Caldeirão do Huck na tevê. Que horror. Ai, então, tento me concentrar para escrever pro blog, mas o que acontece? Mister Catra e um tal de Zé da Serrania aparecem com um funk que nem o capeta iria cantar ou dançar.

Quem merece????

Senhorita

Tradição
Composição: Zé Geraldo

Minha meiga senhorita
Eu nunca pude lhe dizer
Você jamais me perguntou
De onde eu venho e pra onde vou
De onde eu venho não importa, já passou
O que importa é saber pra onde vou
Minha meiga senhorita o que eu tenho é quase nada
Mas tenho o sol como amigo
Traz o que é seu e vem morar comigo
Uma palhoça no canto da serra será nosso abrigo
Traz o que é seu e vem correndo, vem morar comigo
Aqui é pequeno mas dá pra nós dois
E se for preciso a gente aumenta depois
Tem um violão que é pra noites de lua
Tem uma varanda que é minha e que é sua
Vem morar comigo meiga senhorita
Vem morar comigo
____
é a saideira da Valley... linda essa música

Boop, pra ti de novo

Janaína
Biquini Cavadão

Janaina acorda todo dia às quatro e meia
E já na hora de ir pra cama, Janaina pensa
Que o dia não passou
Que nada aconteceu

Janaina é passageira
Passa as horas do seu dia em trens lotados
Filas de supermercados, bancos e repartições
Que repartem sua vida

Mas ela diz
Que apesar de tudo ela tem sonhos
Mas ela diz
Que um dia a gente há de ser feliz
Ela diz
Que apesar de tudo ela tem sonhos
Ela diz
Que um dia a gente há de ser feliz
Se Deus quiser.....

Janaina é beleza de gestos, abraços,
Mãos, dedos, anéis e labios
Dentes e sorriso solto
Que escapam do seu rosto
Janaina é só lembrança de amores guardados
Hoje é apenas mais uma pessoa
Que tem medo do futuro - que aconteceu ? -
Se alimenta do passado

Mas ela diz
Que apesar de tudo ela tem sonhos
Mas ela diz
Que um dia a gente há de ser feliz
Diz
Que apesar de tudo ela tem sonhos
Ela diz
Que um dia a gente há de ser feliz
Se Deus quiser.....

Já não imagina
Quantos anos tem
Já na iminência
De outro aniversário
Janaina acorda todo dia às quatro e meia
Já na h…

Chove

Chove em Videira e é uma chuva linda. Daqui da janela do quarto da Silvia parece ser pesada, forte, revigorante... Do tipo que se lava a alma quando nos deixamos molhar por ela. O céu cinza passa uma sensação de tranqüilidade, poder e paz ao mesmo tempo. Chuva que propõe momentos de reflexão, de extase,às vezes, de beleza fria...

Quem transa com podólatra não esquece

Alguns homens têm verdadeira fixação por pés femininos. Para desvendar esse mistério, nada melhor do que um verdadeiro especialista no assunto. Giuliano Moretti é autor do livro Tesão por Pés: A Realidade de um Gosto Excêntrico. Em entrevista ao Terra, ele foi logo avisando que não gosta de ser classificado como podólatra assumido. "Eu me classificaria como um 'admirador da mulher da cabeça aos pés'". Para Moretti, é preciso entender que o fetiche pelos pés ou por qualquer outra parte do corpo não pode excluir o todo. "É de fundamental importância comentarmos que o fetichista saudável é aquele que, apesar de sentir uma atração especial pelo seu objeto de fetiche (no nosso caso, os pés), sabe explorar plenamente o mapa de prazeres oferecido pelo corpo de sua amada. "O escritor fala que o fetiche não deve ser encarado como "uma tara ou anomalia do indivíduo, mas como uma maneira a mais de apimentar ou incrementar o prazer numa relação sexual." De acor…

Ah! As mulheres...

Elas sorriem quando querem gritar. Elas cantam quando querem chorar. Elas choram quando estão felizes. E riem quando estão nervosas.
Elas brigam por aquilo que acreditam. Elas levantam-se para injustiça. Elas não levam "não" como resposta quando acreditam que existe melhor solução.
Elas andam sem novos sapatos para suas crianças poder tê-los. Elas vão ao medico com uma amiga assustada. Elas amam incondicionalmente.
Elas choram quando suas crianças adoecem e se alegram quando suas crianças ganham prêmios. Elas ficam contentes quando ouvem sobre um aniversario ou um novo casamento. Pablo Neruda ___ assim somos. parabéns, diariamente, a todas nós.

Meu diário

coitado. anda tão abandonado... primeiro esqueço ele quando fui viajar. e em Porto Alegre senti uma falta enorme dele. depois entrei num processo de preguiça letárgica (hehehehe) e agora ando sem vontades para escrever nele...

Domingo de símbolos

Na domingueira, a Silvitcha tava navegando na internet, enquanto eu e o Riva assistíamos a tevê. No meio disso tudo, ela achou um site de simbologia e começou a ver qual objeto representava cada um dos nossos signos. eu SINO

Como o toque do sino lembra a necessidade de orar a Deus e obedecer às suas leis, simboliza a integração entre a Terra e as esferas celestiais... Também significa exatidão e perfeição. Nos séculos passados, era usado como relógio, e os ciganos o associaram à pontualidade, à disciplina e à firmeza...
Na simbologia, o sino está relacionado ao signo de virgem (23/08 a 22/09)... A pessoa sob esta influência é bastante organizada, ambiciosa, e supera sempre as suas próprias expectativas. Acha que a vida é para ser aproveitada nos mínimos detalhes, porém, com consciência e sem exageros. Muito inteligente, analisa e critica tudo o que está ao seu redor. Dá-se bem a trabalhar em administração.
ela CAPELA


Está relacionado ao signo de peixes (20/02 a 20/03). Representa o grande …

Saiba mais sobre mim

VIRGEM ou VIRGO
O charme de uma excitante timidez... Virgem é o signo onde Mercúrio tem seu domicílio e segundo alguns astrólogos, também sua exaltação (outros consideram que este planeta se exalta em Aquário).
Júpiter e Netuno estão exilados em Virgem, que corresponde também à queda de Vênus. Mercúrio - Hermes, planeta de comunicação, do estudo e do raciocínio tem como seus territórios os signos de Gêmeos e Virgem.
Mas ele não é exatamente igual em suas duas casas; Virgem é o último signo da metade individual do zodíaco e representa, depois da consciência em Áries, da experiência em Touro, do conhecimento em Gêmeos, da consolidação da personalidade em Câncer e da ambição em Leão, o ser já formado, colocando em prática tudo o que é no terreno concreto, real, palpável, da vida do dia-a-dia.
Virgem é um dos signos do elemento Terra. Aqui, Mercúrio voa e especula, reflete e analisa, sem contudo afastar-se muito do que os olhos mostram que existe, do que está dentro do campo de visão de cada u…