Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

Lá, lá, lá com a Apanhador Só

Ilustração de Fabiano Gummo


1. e se
1.1 não der
1.1.1 eu choro
1.1.2 ou continuo no faz-de-conta


1.2 couber
1.2.1 me guardo
1.2.2 ou continuo no faz-de-conta
[E se não der? Diego Grando/Alexandre Kumpinski]



Deixa eu apresentar a vocês. Ou ao menos tentar. Na verdade, não lembro quando foi que eles vieram parar aqui, no meu laptop. Mas já que aqui estão, estou ouvindo a musica viciante e apaixonante da banda gaúcha Apanhador Só.

Tá, vou parar com esse bairrismo bob que nos consome: banda de pop nacional Apanhador Só. Afinal, os caras são do país e em breve do Mundo, com essa sonoridade bem roots que lhe é característica. Só não sei de onde... Melhor assim. Música – boa – não foi feita para ser rotulada, mais do que ela já é.

Então, fiquem com essa palhinha aí, em clipe, para conhecerem e curtirem a Apanhador Só, que neste mês esta com a agenda cheia. Tanto, que aqui em Porto [Alegre] só rola show no final do mês, dia 30, no Teatro Renascença. Que tri!

Ah! E os que gostarem ainda podem fazer o down…

Diário Dietético: Persistência!

Minha amiga Jana disse-me que nunca concluo o que começo. E ela tem razão. Depois de um pouco mais de 30 dias de dieta, já estava pensando em desistir. Aliás, havia desistido já na primeira semana de abstinência. Por isso que, ao me pesar no consultório da minha nutricionista, na última quinta, pesava 400g a mais.

Senti vergonha. Eu, uma mulher, uma pessoa adulta, pagando mico na frente da profissional de saúde. E o pior: que eu mesma tive a iniciativa de procurar...

Novamente ela me mostrou as fotos do antes e do depois da sua cliente. Tentou m e motivar. E senti aquela vontade de novo, crescendo. Na verdade, ela ainda existe dentro de mim bem forte. Mas, o problema é que me dou prazer demais ao comer.

No primeiro encontro, a moça me disse que poderia comer de tudo, mas que teria que reduzir a quantidade de uns e trocar outros alimentos. O problema é que eu pensei que tivesse reduzido a quantidade de alimentos, ao fazer as seis refeições ao dia. Ledo engano... Eu tava era comendo tudo…

Johnson, gatos e o surf. Hein?!

Parece maluco, eu sei. Mas gosto de surf, de gatos e de @jackjohnson pelos mesmos motivos: tranqüilidade, liberdade, harmonia, coragem, ambientes diversos, equilíbrio, natureza, sonoridade, languidez, estimulação. E assim vai...

É o que sinto quando vejo os práticos e amantes desse esporte. Imagino a coragem dessa gente - e desse bicho - em equilibrar-se no dia-a-dia sob um modo de vida tão livre... Há de haver muito incompreensão nesse mundo afora. Mas, ao ouvir músicas tão melodiosamente harmônicas como a de Johnson, observar os passos de um gato e admirar a habilidade de um surfista, não tem outra: paixões!

Deve ser por admiração que tenho gatos; talvez. Empatia. Sei que gosto deles... Ou por que seja um felino em pela de gente. Domesticada! Deve ser pela beleza do conjunto que goste de ficar sentada na beirola para ver os movimentos flutuantes do povo que desliza sobre pranchas. E o Jack... Ah, esse nem tenho palavras... Mas sei que é bom [ao que vejo e deduzo: em todos os sentidos.…

Parei para refletir e renasci

Meu ano sabático está, oficialmente, chegando ao fim. Nesses 12 meses eu fiz tudo que pensei ser melhor para mim. Às vezes dei murros em ponta de faca, principalmente ao que dizia respeito ao coração. Mas agora vejo que precisava passar por mais essa provação que me infligia para, quem sabe, agora começar a colher bons frutos, saudáveis.
Fiz tudo que quis, que sonhava, que planejei em anos anteriores e não me permitia por em prática em detrimento de alguém ou alguma situação. Pus as idéias onde elas devem ficar e os sentimentos onde devem ser sentidos. Avaliei, ponderei e tomei decisões. Refiz planos, tracei novos rumos de vida, descartei pesadelos disfarçados e me propus aventuras diferentes.
Creio que agora estou centrada, de verdade, no que realmente quero para mim, para minha vida. E não é nada menos do que mereço. Nem um pouco!
O que começou com dor e tristeza, pode não ter terminado, mas vai se transformar em saudade apenas. E já está de bom tamanho. De tanto ouvir que temos que ti…

Seriadinho novo

The Tudors é uma série de drama baseada na história de Henrique VIII da Inglaterra. Queria ter visto pelo canal fechado, mas sabe como é? Dividir a TV da sala com a mamy não é fácil. As novelas da Globo vem em primeiro, segundo e terceiro lugar. Daí que agora vou "devorar" as quatro temporadas dessa série, que foi criada por Michael Hirst e é exibida nos Estados Unidos pelo canal Showtime. No Brasil é transmitida pelo Liv.

***
Gente e por falar em TV a Cabo, tem coisa mais legal sobre o ser humano do que se percebe em Chegadas e Partidas e Conversa de Salão, do GNT? Adoro!

Frida Kahlo de volta

Estava sem a Frida Kahlo há mais de uma semana. Ela não me deixava inicializar o sistema. E demorei a chamar meu amigo - que saca tudo de TI, sistemas e coisa e tal. Até que não suportava mais usar o computador lento do meu irmão, ex-Lacraia. Mas uma coisa é certa: ter uma tela inteira é outra coisa...

Agora sim, estou à vontade de novo, na minha máquina, mesmo que pela metade... Então é começar a torcer que o Blogger não esteja “em manutenção” e voltar a postar tipo louca, todos os pensamentos. Ou quase todos... Aguardem!

Diarista com glaucoma

Nos últimos 20 e poucos dias minha vida pouca coisa mudou. Ou nada! E, inclusive, penso que estou me tornando previsível. E, ao que me parece, não vai ser no inverno que esta rotina que vou lhe apresentar irá se alterar. Mas não entenda essas palavras como desânimo ou pessimismo. Elas se tornarão agora apenas um relato simples da realidade de uma mulher comum, de quase 37 anos, sem filhos, solteira, formada em jornalismo, desempregada, por hora diarista do condomínio onde mora, gorda, com glaucoma no olho direito, em abstinência sexual e tutora de dois gatos.

Vamos lá! O bom de se ter compromisso, seja qual for, é impor responsabilidade, horário, ter mobilidade e, de quebra, dinheiro. Meu amigo Peterson disse-me ontem que se a grana dá para pagar a cachaça e financiar uma viagem ao ano para a Bahia, já vale o esforço físico. Como sou cachaceira e sempre quis viajar muito, concordei com ele. O único problema mesmo é que nunca gostei das lidas domésticas. Mas sei fazer. Não! Não sei não.…

Arranje um(a) amante!

(Quem é o seu amante? por Jorge Bucay - Psicólogo)


" Muitas pessoas tem um amante e outras gostariam de ter um. Há também as que não tem, e as que tinham e perderam". Geralmente, são essas últimas que vem ao meu consultório, para me contar que estão tristes ou que apresentam sintomas típicos de insônia, apatia, pessimismo, crises de choro, dores etc. Elas me contam que suas vidas transcorrem de forma monótona e sem perspectivas, que trabalham apenas para sobreviver e que não sabem como ocupar seu tempo livre.
Enfim, são várias as maneiras que elas encontram para dizer que estão simplesmente perdendo a esperança. Antes de me contarem tudo isto, elas já haviam visitado outros consultórios, onde receberam as condolências de um diagnóstico firme: "Depressão", além da inevitável receita do anti-depressivo do momento.
Assim, após escutá-las atentamente, eu lhes digo que não precisam de nenhum anti-depressivo; digo-lhes que precisam de um AMANTE!!! É impressionante ver a exp…

Iabadabaduuuuú!

Tchê! O meu carro está encantado. Só pode ser... Ta, ta, eu também não guardo dinheiro tempo suficiente para comprar um de barbada. Quando consigo juntar as portas dianteiras, vem alguém me desvirtuar com uma viagem para a Bahia. Não, não...

Mas agora não dá mais para agüentar. Essa sexta-feira fui visitar uma amiga, que não tava em casa. E sabe onde ela mora? Lá na pu$& #@e p%*iu. Sim, eu sei que telefone e celular existem para evitar porta na cara, mas eu conheço a guria. Ela sai com o telemóvel descarregado e quando vai no super leva toda a família. Logo, pensei, ela não vai esquecer de mim. Não, não... [2]

Então, me enganei, claro. Sei lá aonde ela se meteu, só sei que não ficou em casa. Só o que me restou foi pegar “meus mijados” e voltar para casa. Com frio e com uma bolsa com ½ tonelada de bugigangas. É pácábá! Resultado: 32 minutos de espera num ponto de ônibus frio da Cidade Baixa. Tudo que é ônibus de Porto Alegre, Viamão e Alvorada passaram por mim, duas vezes, nesse perí…

Gente mala no domingo de manhã!

Gente que se acha é muito chata. Definitivamente! Além disso são ignorantes, grosseiros e mal educados. Não entendo por que esses espertalhões se gabam tanto, se não detém conhecimento...

Hoje foi dia do Concurso dos Correios em todo o Brasil. Milhares de pessoas, alguns preparados, outros nem tanto [como eu], disputavam uma vaga no serviço público. Eu tava lá, entre menos de 50 candidatos na sala, apenas, por que 17 decidiram não ir ou tiveram contratempos. Melhor para mim.

A prova, que tinha horário marcado para iniciar às 9 horas, teve 15 minutos de atraso. Antes disso, ainda na fila de identificação na porta da sala 26966 do prédio 1 da FAPA, uma fiscal entregava sacos com fecho adesivo para que pudéssemos lacrar celulares [desligados, claro], laptops, MP3, relógios, agendas eletrônicas, pen drive, chaves com sistema eletrônico, lápis, lapiseira, borrachas, canetas que não fossem de tinta pretas e em embalagens incolores e etecetera e tal. Muitos deles, aliás.

Já sabia de tudo isso, …

Nêga tipo Red Bull ou energética

Dói tudo nesse corpo roliço. Gabei-me para o instrutor da tarde que nem um músculo havia ficado doído na terça e ontem. Então, o Gerson [e não César], o meu instrutor lindo e vespertino, decidiu aumentar minha carga, já no segundo dia. E o resultado é que estou quebrada! Dou um passo e digo uns 254 ais...

Mas depois de uma pratada de pinhão na tarde, vendo a Jade se requebrar toda para o Lucas, o mínimo que tinha que fazer era isso: suar naquela esteira e fazer força nos equipamentos. E nem me importei. Não só pelos exageros calóricos da tarde, mas pelo Gersão... Ah, qualquer pedido dele para mim é uma ordem. Sim...

- Terminou a série moça? Faz duas de 20 de supino, então.
Claro. Por ele eu faço duas de 20, rapidinho, sem nem questionar que anteontem mesmo, eram apenas duas de 15, ainda intercaladas com cinco minutos de esteira, na velocidade 35 [hoje ele colocou mais 10].

De certo ele percebeu que hoje eu estou suando cheiroso. O guri do lado sentiu. O adolescente leitoso farejou logo um…

Salve os Pretos!

13 de Maio
Dia da Abolição da Escravatura
Dia de Pretos Velhos!


Diário Dietético: Vamos malhar?!

Está feito! Peguei meus tênis com amortecedores, as meias de cano curto e os vesti. Antes, pus uma bermuda cotton roxa com uma blusa de estampa em tons creme, azul, lilás e sim, roxo também. E desci para a academia.

Na aula experimental de musculação foi tudo bem. Caminhei na esteira por 20 minutos e chutei, levantei, coiceei com pesos por durante outros 40 minutos. Tudo intercalado para não enjoar. E quando o instrutor César [gostoso pá caraiô] disse que poderia alongar, eu fiquei feliz tipo criança que ganhou doce...

Amanhã, se sobrar hora depois do condomínio, desço para efetivar a matrícula [toda maquiada por causa do Césão]. Gostei da aula. E por que PRECISO EMAGRECER ao menos 3 kg até o dia 26, quando terei consulta com a nutricionista de novo. Isso, por que engordei 1,4 kg desde o primeiro encontro com ela. Então preciso, ao menos, perder o que engordei e um qualquer pelo primeiro mês.

Pensei que não fosse tão difícil fazer dieta balanceada. Só pensei... É difícil pacas! Café da m…

Em busca do drinque perfeito

"Qualquer coisa em excesso é ruim, mas champanhe demais é simplesmente perfeito"

Ella Fitzgerald

Daniela Falcão, editora da Revista Vogue Brasil, escreveu o texto Em Busca do Drinque Perfeito na sua primeira coluna de 2011, de onde retirei essa citação. Para quem gosta de beber, como eu, mas ainda não definiu qual a sua bebida preferida - ao contrário de Hemingway [mojito] e Capote [screwdriver], leia a crônica. E une-se a nós.

Ficaria louca nessa gaiola... e feliz!

Vendo essa novela chata [mãe adora e eu estou sem privacidade – ainda] aguçou um desejo, um sonho meu, das antigas. Passar a lua de mel num cruzeiro. Como casar está bem difícil, bem distante, bem longe da vinha atualmente, melhor eu pular essa parte e ver se consigo embarcar num navio para solteiros. Preciso!

Antes diarista do que presidiária...

Estou bege! Surpresa, chocada, triste. Sei lá o que mais... A pouco recebi uma notícia que me pasmou mesmo. Um ex-chefe foi preso hoje pela manhã. Bá! A acusação é tentativa de assalto a banco, numa cidadezinha vizinha a Terra do Nunca. Me caiu os butiás dos bolsos quando me contaram. Melhor, quando vi a foto, pois senão não teria acreditado.

Pior que gostava do cara. Divertido, festeiro - ta, tudo bem, bagaceiro também -, gente boa, se é que me entendem... Mas deu uma fora. Passava por uma situação difícil, desempregado, de certo não se conformou em ter que trocar de padrão de vida. Foi pela via mais fácil e agora vai amargar uma temporada no xadrez. Uma pena que tenha preferido assim...

A notícia me fez pensar sobre o que faz uma pessoa a cometer um crime. Ele alegou a um amigo em comum e colega, que o filho passava fome. Não sei! Também não sei o que uma mãe ou um pai podem fazer para não ver um filho sofrer, passar necessidades. Os meus, simples e pobres, sempre trabalharam. Por ano…

Diário Dietético: Engolidora de espetos...

Bom, vim dar uma satisfação a vocês que acompanham esse diário. E ela não é nada boa... Sim, comecei o “plano alimentar” nessa segunda-feira e no mesmo dia já o boicotei. Mas, sinceramente, quem está acostumada a comer um boi pela perna e, de uma hora para outra, passa a comer 1/3 dele, até é compreensível perder as estribeiras...

Porém, não fiquem decepcionados. Vou melhorar... Aos poucos eu percebo que já não é mais agradável encher a pança. Sinto-me mal após fazer isso. Fico com o estomago pesado, com os movimentos lentos e a digestão atrasada. Só que essa maldita gula não me larga!

Deveria aproveitar que meu organismo se adapta perfeitamente a mudanças, por mais radicais que sejam, muito rapidamente. Pareço, inclusive, a mulher elástico. Se, de repente, passo a comer demais, em dois ou três dias o estomago está “lassiado”. Se faço o contrário, reduzo a ingestão de alimentos, também rapidamente sou capaz de saciar a fome com pouca comida. Só tem esse problema de ter o olho maior que …

Era o que tinha pra hoje!

Tenho tido muitos sentimentos ao dia. Talvez seja por causa desse lance de coisas novas, ao qual estou me dando oportunidade de vivenciar. Nesta segunda pus em prática meu Plano Alimentar. Noooossssa! Quase tive falência total dos órgãos, de tanta gula que tive. E sim. Eu sucumbi no lanche da tarde, atacando o pote com amanteigados que a minha tia faz com maestria. E sim [de novo], hoje o descontrole começou no mesmo horário...

Já sabia que fazer dieta não é fácil. Mas preciso persistir. Começar a maneirar no lanche e na janta. A ceia não conta por que como tanto nesses dois horários, que fico cheia até a hora de dormir... #OFimDaPicada

Ontem também começou o meu bico. Como diz a minha professora de inglês, “a pessoa” passou meses em férias, gastando dinheiro a torto e direito [na verdade, sem arrependimento nenhum] e agora precisa, urgentemente, de grana para manter as despesas pessoais. Por isso, agora, exerço atividade remunerada no meu condomínio. Faço faxina três vezes por semana p…

Ado, ado, ado...

Cada um no seu quadrado. E eu estou no meu há alguns meses. Graças a Deus e ao meu velho pai. Eu explico...

Toda segunda-feira, ou no domingo mesmo, eu agradeço por estar entre os meus. Feliz e com saúde. Nesse aspecto, digo com orgulho, estou realizada. E tenho orgulho da minha mãe, do meu irmão e da minha tia Ica, só pelo que eles representam na minha vida. #Amor

A gente briga muito. E feio! Por qualquer bobagem inclusive. Mas também rimos muito, nos ajudamos, nos amamos, zelamos um pelo outro. Melhor seria se tivessemos a irmã perto... Mas já está bom assim.

Lembro de tempos tristes, onde eu passava em frente as casas das pessoas, e via uma família reunida. Ou almoçando, ou indo ao cinema, ou no supermercado, ou tomando chimarrão na varanda de casa. E chorava! Chorava de saudades da minha família dinossauros.

Mas agora isso é passado. Já voltei a gostar de domingos, de novo. E quase não saio de casa nesse dia, só para curtir o meu "ado". #EuAmoMinhaFamilia

Pronto, voltei!

Era TPM gente, misturada com raiva antiga [acho]. Agora já estou de volta ao meu normal. Mas, ainda continuo sem entender duas coisas:

- Por que mulher sangra todo mês,
- Por que barriga de homem é sexy e de mulher é ridícula.

Aff!
Enfim, a todos uma boa semana.