quinta-feira, 15 de março de 2012

10


Eu atraio a atenção das pessoas e não é de hoje. Ou é por que sou gorda demais, ou por que uso cabelo Black [para minha mãe eu ando despenteada], ou por que estou com uma roupa inapropriada, colorida demais ou simplesmente pela minha boniteza. Mas nessa quarta-feira (14/03), uma senhora correu desesperada atrás da minha linda pessoa. E não era por nenhuma dessas colocações anteriores.

Família e Trepadeira nas pernas
- Que tatuagem diferente essa tua.
Eu, desconcertada pelo inusitado esfuziante, respondi timidamente ao final do primeiro lance da escada, olhando para cima:
- Ah. Obrigada.
- É verdade. Nunca tinha visto uma assim. E olha que passam muitas por aqui. É bem diferente.
- Essa aqui?
Apontei eu para a perna esquerda, onde fica a maior de todas e por isso mesmo, mais perceptível.
- Não, a outra que dá a volta na perna.

Ela se referia a tatuagem da Família. E sim, minhas marcas têm nomes para identificá-las: da Família, pois carrego o nome dos meus queridos [8]; Babies, pois o gato serelepe representa o Shazan e a Brigitte Bardot [5]; Butterfly [1], por que traz meu inseto favorito e único também; Paz [2] e Amor [3], dois ideogramas; a Ursa Major, minha estrela guia [4]; Trepadeira, meus ramos com flores que um dia subirão a perna toda [6]; Liberdade, meus grilhões arrebentados [7]. E, agora, as mais novas do pedaço: Virgem, símbolo do signo, parte considerável de mim [9] e Give Me Love [10].

E sim. Por mais que faça minhas tatuagens para meu próprio deleite, eu não as percebo. E logo que termino uma, já planejo a outra. Ou outras. Nem quero imaginar quando tiver que retocar...

2 comentários:

jana disse...

eu tbm acho que vc anda despenteada....
gosto das tuas tatoos
eu vou fazer só mais uma, ainda não sei quando, onde e o que
vc timida? ahhhh tahhhhh

Cor de Rosa e Carvão disse...

às vezes eu sou tímida sim. e pra te dizer a verdade, nos momentos mais inoportunos... hua hua hua!