Pular para o conteúdo principal

Tudo Azul

Está tudo azul. E tenho achado muito bom esses tempos de paz e tranqüilidade. Ainda não tenho trabalho, mas em menos de 30 dias de procura – efetivamente, diria que, uma semana - creio que não é para ficar preocupada. Por enquanto vou curtindo o convívio em família. Aliás, que está sendo bom demais.

Não vi todos os amigos, colegas e conhecidos que gostaria de já ter encontrado. Falta muita gente ainda para dizer “Oi”. Mas tudo ao seu tempo. Primeiro preciso cuidar de mim e de quem está mais ao alcance das mãos – e do coração. E também por que haja dinheiro... Conheço esse povo. Tudo é motivo para brindar e num bar.

Aliás, por falar em bar e dinheiro, o casal Peterson e Janaína quer me deixar nua com a mão no bolso. Os dois tem sido freqüentadores assíduos lá de casa. E fazem convites freqüentes para cerveja e petiscos. Claro, como quem convida dá banquete, eles pagam tudo. Só que agora querem descontar no meu benefício.

Usurpadores! Isso sim... Dão a mão para depois pegarem o braço. Se for por na ponta do lápis, já paguei a saída com muito churrasco gordo nos domingos lá de casa. Pronto, falei.

Comentários

Afrodite disse…
Curta esses dias e adie os aborrecimentos ao máximo!
A vida é curta demais pra se prender a pequenas coisas!!!
Aproveite bem esses dias com os familiares!
Beijo!
Estou aproveitando amiga! Obrigada. Beijo
Nanda Assis disse…
aproveite mesmo o descanso e tenha a certeza q deus vai te presentear em breve.

bjos...
jana disse…
kkkk
ledo engano, almoçei somente uma vez na tua casa, ainda levei a sobremesa (que por sinal não provei e vc ainda ficou com o queijo e a goiabada cascão do meu marido)
não adianta fazer se lamentar, vc ainda tem algumas cevas a pagar
bjokas
Sexo Verbal disse…
É por isso que eu só tenho amigos virtuais. Falando nisso, estou te presenteando com uma Ferrari virtual. Quer? Pega aí no link.

http://www.imotion.com.br/imagens/data/media/25/Ferrari_Aurea.jpg

Beijos!
jana disse…
pqp, 72 hr de preparação para 2 hr de prazer?
sou mais 4 horas de ceva
lacaia
kkk
Nanda, minha querida, que assim seja! Um beijo enorme.

Jana, já teu marido comeu e bebeu por quatro. Hehehe. E é ao contrário amiga. Três enlouquecidos dias de puro amor e sexo. Hehehe.

Meu gauchito do coração, eu aceito o presentão, mas só se vieres dar uma volta comigo, pela orla do Guaíba. QUe achas?
Anônimo disse…
hehehehe essas saídas é que acabam com o bolso da gente, rsrsrs
Anônimo disse…
AINDA BEM Q TO GRAVIDA E GRAVIDAS NAO ENCHEM A CARA. COMO SOU PARANOICA TBEM NAO COMO POR DOIS! PODE ME CONVIDAR VIU? RS
Ni, preciso fazer uma retrospectiva lá no teu blog e saber o que aconteceu com o "juiz". Hehehehe. E sim, me deixam dura cada vez que volto pra casa. Mas isso eu já estou acostumada. Beijocas

Êeeeee Crioula! Fui te visitar e fiquei chocada. Eu não estou na lista dos visitantes autorizados. Choquei! Fiquei bege! Deve ser coisa de grávida isso... Hehehe. Parabéns!

Postagens mais visitadas deste blog

Se o queijo mofou está estragado [1]

Errado! E só soube disso uma semana depois de ter posto aproximadamente um quilo de queijo colonial no lixo, cheia de dó no pensamento, no estômago e principalmente nos olhos. Logo eu, que sou como avestruz e como até pedra com pimenta do reino moída na hora [se não for assim eu não gosto].

O fato aconteceu logo que vim de casa, após comemorar meu aniversário com minha família e amigos do peito [Jana, sua jararaca, não se inclua nesse núcleo]. Na bagagem sempre trago vários mimos e a cesta básica patrocinada pelo Araújo. Mas, dessa vez, tinha algo a mais: duas metades de queijo redondo, de diferentes sabores, no estilo colonial.

Depois de uma semana degustando o melhor deles, aquele mais branquinho e molinho, levemente salgado - diria que quase um polenguinho - decidi saborear o outro, mais amarelinho, sequinho e oleoso, com doce de leite. Dez dias a base de queijo e salame e enjoei. Sob orientação da minha mãe, deixei os queijos num pote bem ventilado, a sombra.

Mas a umidade no Flat fo…

Sóis

Sexta-feira de manhã. Não precisei abrir o aplicativo que controla meu ciclo menstrual para saber que estava de TPM. O mau humor era latente e já o percebia insuportável até para mim. E chovia. Muito. Dia perfeito para ficar em casa, hibernando, como costumo definir dias e este estado de espírito. Mas não. Tinha que encontrar um amigo-cliente, que ontem estava sem comunicação via smartphone. Não havia escapatória. Teria que ir.
Fechava assim meu período de pré-aniversário, antecipadamente. Não suportaria mais uma semana. Teria eu mesmo que dar o start em novas energias e começar Setembro com os dois pés direitos.
E hoje, no primeiro dia do mês, ainda cinza e molhado por aqui no Sul do país, um novo sol surgia. Mesmo que ainda de TPM, a virada do mês sopra em mim mudanças. Novos tempos. Renovação.
Fiz a mesma coisa que nos últimos sábados do calendário letivo. Acordei, peguei a mochila gasta e sai respirando o ar úmido e cheio de partículas de vida e possibilidades dentro de mim. E quand…

Nos phones: Todo homem

O sol Manhã de flor e sal E areia no batom Farol Saudades no varal Vermelho, azul, marrom Eu sou Cordão umbilical Pra mim nunca tá bom E o sol Queimando o meu jornal Minha voz, minha luz, meu som

Todo homem precisa de uma mãe
Todo homem precisa de uma mãe

O céu Espuma de maça Barriga, dois irmãos O meu Cabelo, negra lã Nariz e rosto e mãos O mel A prata, o ouro e a rã Cabeça e coração E o céu Se abre de manhã Em abrigo, em colo, em chão

Todo homem precisa de uma mãe
Todo homem precisa de uma mãe