sexta-feira, 27 de março de 2015

Máscara da discórdia


O clima estava quente. Dentro e fora do carro. E depois de um beijo ousado, e um afago na face, a temperatura interna deveria elevar-se, não fosse uma percepção e uma observação indevidas.
´- tu estás com os cílios azuis?








Sim, ela respondeu já desconfiada. E na defensiva arremeteu uma pergunta:
- porque, não gostou?
- gostei... é diferente. só isso.
Ainda melindrada, ela o questiona novamente:
- não gosta de azul?
Com voz doce, mirando o olhar colorido da moça (já ferida em sua vaidade) e sabedor de sua preferência, ele busca a única alternativa possível para desviar do assunto, de forma que o favoreça.
- gosto sim, embora eu seja colorado.


Nenhum comentário: