terça-feira, 27 de agosto de 2013

Quase brincadeira de criança

Não. Não me canso de agradecer o emprego que recebi. Que fui presenteada. Não ter que acordar às 6 horas, faça chuva ou faça sol, e sair às ruas até chegar ao local de trabalhoémuito mais que um presente. É uma benção!

Meu trabalho vem num pacote iluminado de coisas boas: novo aprendizado, colegas com temperamentos diferentes e até iguais para melhorar meu convívio social, oportunidades, salário digno, horário de acordo com a atividade, assumir responsabilidades... Tudo que pedi a Deus.

Agora que o homem decidiu me testar, ou não,tenho que honrar minhas afirmações, minha palavra, e por as armas na trincheira. Em tempo de chuva intensa, como o que vivemos agora, fazer isso num turno de cinco horas, à tarde, é quase que trabalhar num parque de diversões. Bora, então, se arriscar na roda gigante ou na montanha russa, com um pirulito na mão e um sorriso no rosto?

Nenhum comentário: