domingo, 23 de dezembro de 2012

Para o Natal e 2013

Lembro de ter acordado hoje e pensado: “Putz, já é quarta. E estou atrasada para o trabalho”. Mas não. Hoje é domingo. De quase Natal. Bom dia domingo! E para te brindar, tomei uma caipira, vejo Jeito Moleque no DVD e espero a lasanha de mãe para o almoço. E a vontade de ficar em casa, curtindo o dia, é grande, mas hoje tem tarde de compras com a mãe e ultimamente é o que mais tenho vontade de fazer. Sair, gastar, me divertir e curtir o que for bom pra mim, pro meu coração e pra minha amada, minha velhinha.

Nos últimos dias, aliás, neste mês, tenho tido sentimentos estranhos. E sentimentos tradicionais: de saudade, de amor, de solidão. Tudo junto e misturado. Daqueles que dão até vontade de escrever no Fausto. E olha que não sei nem onde ele está guardado. Deve ser esse lance de Natal...

Este ano, é a primeira passagem que eu e minha mãe não estamos fazendo vontade de sair de casa. Da nossa casa, que tempos antes era sempre farta de pessoas. De gente carinhosa: de amigos, família e parentes. Sinto que agora somos só eu e ela. Mesmo. E temos que nos acostumar com isso. Com a saudade de um pai amoroso e zeloso, de um marido cuidadoso...

Este ano foi de infinitos desafios emocionais, que, automaticamente tentei burlar. Em vão... Que enfrentei com determinação. E venci. De vitórias profissionais e decepções e resignações. De paixões e desilusões. E da certeza de que eu sempre posso dizer Eu Te Amo, quando assim o sentir, por mais que as pessoas não estejam acostumadas a ouvir ou receber. Isso não importa mais pra mim. Eu não quero mais perder tempo de viver. Tempo de sentir, de aproveitar. A vida da gente é tão intensa que deixamos de fazer o que fomos criados para fazer: Amar!

E é isso que quero para 2013: que possamos amar ao próximo assim como somos capazes de nos amar, de amar nossos pais, irmãos, nossos filhos, nossos homens. Que sejamos mais pacientes um com os outros, que nos demos a chance de tentar para acertar. Estamos aqui para isso: para vivermos bem um com outros.

Meus queridos, que todos tenhamos uma ótima noite de Natal. Uma noite de amor pleno. Jesus veio para isso. Então, vamos reascender esse mandamento em nós. Feliz Natal e um ano novo de luz em nossas vidas. Feliz 2013!

Um comentário:

Silvia Angélica Palma disse...

Feliz natal pra vc e pra dona Odete. Bem vinda ao clube das introspectivas no período natalino...