terça-feira, 27 de novembro de 2012

Trim Trim Trimmm!



Não tem jeito. Os 10 minutos a mais na cama se transformam em 20 a mais depois do expediente. Tenho que compensar. Pior. Compensar um tempo que nem dormi, por que o despertador da vizinha de cima não me deixa.

A tiazinha coloca o celular no nível turbo do vibracall e, às 6h05 todo o prédio deve pensar que está acontecendo um terremoto em Porto Alegre.  Certamente, 9.0 na Escala Richter “dos gaúchos”.

Então eu fico alguns segundos tentando entender o que está acontecendo... E contando quantas vezes vai tremer o teto, até a dorminhoca do segundo piso despertar. Por que a de baixo, a essa altura, já entendeu que não tem arrego, nem no relógio alheio.

Nenhum comentário: