quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Nos 38, de sexta


Queria ser menos consumista e materialista. Mas sou de virgem, então, talvez não consiga me desprender de tantos modismos ou descrença. O desapego não faz parte do meu cotidiano. Logo, os meus amigos continuam sendo meus, o meu trabalho é o mais importante, a minha saúde tem que estar sempre boa, mas os meus problemas, meus medos e as minhas dívidas eu quero que sejam capeta. Pronto, falei!

2 comentários:

jana disse...

do capeta? ha ha ha
coitado do capeta principalmente com as dividas

Cor de Rosa e Carvão disse...

claro! se ele é o coisa ruim, então que fique com todas elas. rá.