quarta-feira, 8 de junho de 2011

A seis pessoas de ti... Estranho[a]!



Esse mundo é mesmo um ovo, hein?! Explico, mas vou dar uma volta... Tenho dois gatos. Mas gosto de cachorros também. Às vezes fico de cuidadora de uma cachorrinha velhinha, que já está cega e quase não ouve. Ela pertence a síndica aqui do Jambalaya, a dona Álvara [nomes fictícios, claro]. Aliás, esse ato é muito freqüente para mim, já que a cachorra e a síndica são minhas vizinhas de porta.


Bom, nada mais natural do que eu também ser cuidadora de gatos de outros vizinhos, considerando meu gosto tendencioso por felinos. Pois então, na semana passada, um condômino precisou se ausentar do seu apartamento aqui do Jambalaya. E da última vez que isso aconteceu, suas duas gatinhas ficaram sozinha uma semana inteira. Ao abrir a porta, as gatas estavam quase duras de inanição.


Com receio que as bichanas ficassem sem água e comida novamente, me ofereci para subir até o apartamento e fazer a lida para elas, que, por sinal, são umas linduras. Uma muito carente e a outra muito calma, mas, ainda assim, se sentindo sozinha. Foi com prazer que cumpri minha tarefa.


Peraí que a coincidência vem agora. Nessa segunda, conversando com a dona das cats, confirmei algo que duvidava: Esse mundo é um ovo! Não é que o sobrinho dela, um técnico agrícola, morou em Videira?! O cara trabalhava numa das indústrias de Fraiburgo. Faltou só saber o nome do cara, que, de certo, devo conhecer ou ao menos saber quem é. Quem sabe até ter entrevistado já.


Bá, tchê, me caiu os butiás dos bolsos, de tão surpresa que fiquei... Agora, cá pra nós. Não duvido nada que – tomando por base a Teoria dos Seis Graus de Separação –, um dia, irei conhecer a senhora Obama [Michelle]. Mais: e que seremos ainda grandes amigas. Deixa só eu pensar um pouquinho, aqui com meus botões, quem são essas seis pessoas [invejosas] que nos mantém longe uma da outra. Deixa eu descobrir...

4 comentários:

Nanda Assis disse...

hummm ta linda demaiss!!! acho lindo tbm seu amor pelos bichos, e o mundo é mesmo um ovinho de codorna ainda.

bjos...

Silvia Angélica Palma disse...

Não sei por que tanto espanto...Videira é a capital do sul do mundo....uahuahuahauhauhauahuahhua

Silvia Angélica Palma disse...

Conheço essa parede vermelha discreta aí de trás...hehehe....
Te ver de avental me deu saudades daqueles carreteiros que tu fazia.....hummmmmmmmmm...

Anônimo disse...

Nanda

Boa definição: ovinho de codorna! E obrigada amiga. O gosto por eles é coisa de criança, que trago comigo no peito até então...

Silvitcha

Bem lembrado: Videira, a capital do Sul do Mundo... Tu com saudades do carreteiro e eu com saudades desse corpinho menos gordo que tinha. Aff!

Beijos gurias.