sexta-feira, 1 de abril de 2011

Quero plantar meus amigos, meus discos, meus livros e nada mais

Topas [sonhar] um chimas comigo no meu jardim de inverno,

hoje no final da tarde?

Não sei onde, nem como ou por que me criei assim: sonhadora. E não sou modesta, não. Ao contrário. Sou daquelas que sonha alto, grandioso, dantesco.


É de anos minha vontade de ter uma casa. De voltar a morar numa casa. Se fosse de madeira, melhor ainda, pois acolheria minhas lembranças da infância, quando passei bons momentos na casa velha de minha avó, no interior. Mas também não seria a mesma casa. Nada de frestas, falta de brilho e cor. Não seria um casebre. Não, não...


Ao ler o blog da Cora Rónai, que passa por uma situação delicada com seu querido [Millôr Fernandes], meu sonho antigo veio rapidamente à memória. Num post ela clamava por pais adotivos aos dez felinos que estavam desamparados. E também transcrevia a história de cada um deles. Imediatamente me vi numa linda casa, bem iluminada e com jardins – sim, adoro flores e plantas e preciso de um quintal e de um jardim de inverno, no mínimo – para ver meus bichanos, meus cachorros e até pássaros num viveiro [sem cercas], livres, a correr e voar. Todos adotados, claro!


Nunca gostei de morar em apartamentos e me vejo horrorizada com a possibilidade de viver num grande condomínio, com centenas de residências, onde eu não consiga ouvir o som da minha própria voz, mas possa ouvir - claramente - todas as vozes do prédio G, mesmo morando no C. Não. Definitivamente não é isso que quero para mim, minha família, meus amigos e meus bichos.


Enfim, melhor eu começar a poupança, pela 10.736 vez, agora para a casa própria, espaçosa, linda e iluminada. A casa dos meus sonhos...





3 comentários:

R.B.Côvo disse...

Acho que quase todo mundo prefere casa a apartamento. É bem melhor. Abraço.

Cor de Rosa e Carvão disse...

Querido, conheço uns loucos que preferem morar num apê. Pode? O fim da picada isso... Hehehehe. Beijocas e obrigada pela presença.

Gaúcho disse...

Eu queria morar em um castelo. Pronto, falei.

Beijos, Rosácea e Carbonífera.