Pular para o conteúdo principal

É só uma fase...




É só uma fase. Vai passar, eu sei. Mas enquanto isso não acontece vou tentando administrar tudo que anda acontecendo comigo. É preciso manter o prumo do leme. Não deixar o barco a deriva, embora as tormentas me forcem a desistir...

Perdi meu pai há um ano e isso revirou a minha vida. Temia tanto isso... A minha vida inteira evitava me apaixonar, em me entregar ao amor, pois temia as possíveis conseqüências arrasadoras sobre mim. E aconteceu. Depois, com os anos, temia perder meus pais. E isso aconteceu. Parte desse medo se materializou.

Viver tudo isso foi ruim e foi bom. As rupturas, as marcas da vida são recentes [ainda] e a dor é implacavelmente forte. A gente protela, mas tem coisas que não dá para evitar que aconteça. É da vida da gente, é da vida dos outros, é da vida dos nossos. Mas, como digo, o sol sempre nasce no dia seguinte, mesmo que insista em se esconder por trás de algumas nuvens. Ele está lá.

No meio de tudo isso tem o "Não Gosto", que sempre se ressaltam nessas fases. Não gosto de tantas coisas e hoje as faço. Não gosto de faxina, não gosto de estudar, não quero ser funcionária pública, não gosto de ficar em casa, não gosto de assistir televisão e odeio novelas. Não gosto de vizinhos, não gosto de fazer economia. Não gosto, porém, tenho feito tudo isso, buscado aquilo e aceito aquele outro...

É uma fase, eu sei. Tem que passar! #CansadaDeTudoIsso

Comentários

Passa...até a uva passa...uhaahu..desculpe não pude evitar a piadinha miserável....mas o que é isso guria...tu tá muito pra baixo.....logo tu? sempre tão "gozadinha"?
Tens que se cuidar...cuidar da alma.....tristeza deixa a gente doente....
Avante....força na peruca...
Pois é... Acho que preciso fazer mais uma viagem [hehehe]. Ou virar hippie duma vez. Mas sei que nada disso vai acontecer agora justamente por que ando cuidando de mim. Mas a tristeza + insatisfação não passam... Mas vai passar, até a uva passa - mesmo!
jana disse…
pq demora tanto para passar as coisas ruins???
tenho a impressão que a fase ruim nunca vai passar, não sei se tenho forças e esperanças para continuar esperando um final que eu não sei qual é
jana disse…
vamos tomar uams cevas semana que vem?
Jana TRISTONHA Severo

Passa, claro, que passa. Como diz a Silvia, até uva passa... Tenhamos fé amiga. Melhor: "Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima". É o que estou fazendo...

CEVA: Tô dura! Vai financiar?
Aff..que água é essa que vcs tão tomando no RS? deve ser algum problema na estação de tratamento pra deixar vcs tristes assim......tomem cerveja ao invés de água..hehehe

Postagens mais visitadas deste blog

Se o queijo mofou está estragado [1]

Errado! E só soube disso uma semana depois de ter posto aproximadamente um quilo de queijo colonial no lixo, cheia de dó no pensamento, no estômago e principalmente nos olhos. Logo eu, que sou como avestruz e como até pedra com pimenta do reino moída na hora [se não for assim eu não gosto].

O fato aconteceu logo que vim de casa, após comemorar meu aniversário com minha família e amigos do peito [Jana, sua jararaca, não se inclua nesse núcleo]. Na bagagem sempre trago vários mimos e a cesta básica patrocinada pelo Araújo. Mas, dessa vez, tinha algo a mais: duas metades de queijo redondo, de diferentes sabores, no estilo colonial.

Depois de uma semana degustando o melhor deles, aquele mais branquinho e molinho, levemente salgado - diria que quase um polenguinho - decidi saborear o outro, mais amarelinho, sequinho e oleoso, com doce de leite. Dez dias a base de queijo e salame e enjoei. Sob orientação da minha mãe, deixei os queijos num pote bem ventilado, a sombra.

Mas a umidade no Flat fo…

Tabaco em pó

Ah, meu trabalho me diverti! No cotidiano do jornalismo, quando estou apurando as informações, encontro de tudo: gente normal, gente doida; assassino, polícia; travesti e religiosas. Tem até um senhor, cheirador de rapé.
É o seu Willi. Ele é um velhinho alemão, simpático, com forte sutaque que denuncia sua origem. Ó conheci hoje. No meio de uma entrevista, onde ele entrou de gaiato, puxou do bolso o porta fumo em pó dele e deu uma cheirada.
"Eu nunca fiquei resfriado ou doente fumando rapé. Esse eu ganhei (n lembro de onde veio o fumo, mas era importado), mas eu também faço. Ontem mesmo foi a Jussara lá buscar. Olha o cartão dela aqui. Ela é massoterapeuta", disse o alemão.
Divirtido o senhor, que tem várias manias, além de cheirar o pó perfumado e fino, quase uma poeira. E advinhem, ele me ofereceu e eu aceitei. Pus no dorso da mão, entre o polegar e o indicador e mandei ver no narigão chato. A inexperiência me fez cheirar tudo numa narina só. Não tenho a prática do velhinho,…

Quati

Ai, acho que estou com um desses nas costas, me tirando as forças e me deixando sem a capacidade de pensar direito... Hummm... Talvez precise voltar pra cama assim que terminar a introdução do meu trabalhinho. Melhor, da produção do conhecimento... [hihihi].