segunda-feira, 11 de abril de 2011

Diário Dietético: Uma vez mais...


Pesei-me hoje. Depois de semanas nem lembrando que balança existe fui encarar a realidade. Erc! Era o que imaginava: gorda que nem uma porca. Beeeemmm gorda. Não, não...

A situação começa a escapar do controle. E isso não pode acontecer. Não posso deixar o leme da minha vida de qualquer jeito, ao comando de um tsunami de emoções. Sei bem que desconto tudo nas panelas, nas confeitarias, nos cafés, nos bares, no armazém da esquina, na promoção de chocolates nas Americanas, principalmente.

Por isso tomei uma decisão: procurei um nutricionista e marquei hora. O bom disso é que o cara também é terapeuta. Assim posso chorar as pitangas ao mesmo tempo em que ele me orienta a comer melhor [e menos] e a fazer dieta. Afinal, estou passando por muitas mudanças profissionais, emocionais e sentimentais [espero].

O momento é de tomadas de decisões, de atitudes, de mudança de comportamento. E já se fazia hora. Há tempos me sinto gorda demais, disforme, com meus atrativos submersos em tecido adiposo. Chegou o tempo da malhação, da dieta, do foco na profissão e pela procura da batida perfeita.

3 comentários:

Juliana disse...

como assim nutricionista e terapeuta ,gente? Combo perfeito esse cara! =)

Cor de Rosa e Carvão disse...

hehehe. Juli, querida flor, adorei isso: combo! tens razão. ficou perfeito esse 2x1.

Bjo

Silvia Angélica Palma disse...

uahauhauha..bem vinda ao clube das tristes pela gordura..ai, ai.....cansei de ver nutricionista me olhando com cara de nojo.....hehehe