terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Pra começar a semana


É preciso ter parcimônia, sempre. Só assim se consegue o que quer, materialmente. Confesso que não é uma habilidade, uma qualidade minha. Ao contrário. Se for para gastar, me chame que sei como fazer. Já poupar é outro negócio...

Mas nesta segunda feira eu percebi a importância que é ser moderada, comedida. Dinheiro não cai do céu e contas se têm toda semana. O que significa que o dinheiro que se tem em conta, na data do benefício é estanque. Não está sobrando, embora parado, e sem investimento. Está ali para suprir alguma demanda que já foi planejada ou para cobrir uma despesa mensal, que irá vencer nos próximos dias.

Ou seja: não posso pegar e gastar com pandegas, infelizmente. Nem dizer a mim mesma que vou repor em dez dias, por que só vai entrar dinheiro 30 dias depois. E, ainda assim, assumir compromissos novos.

Ter esse insight não foi por acaso. Teve um fator que causou tudo isso, bem no estilo “no fiofó dos outros é refresco”. Mas bem bom. Dessa forma, e em tempo, dá para segurar a situação e ainda por pra dentro, quem já tava batendo na porta a muito tempo: Sr. Economia. Seja bem vindo!

[21 de fev. de 2011]

2 comentários:

Lidia Ferreira disse...

Ótima postagem querida , eu tenho que aprender também a fazer economia
bjs

Afrodite disse...

Eu sou assim um pouco com vc...gasto e depois me f...melhor mesmo aprender a ter parcimônia!
Obrigada pelos comentários e pela torcida!
Beijo!