sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Técnicas Domésticas [2]



Vocês adoraram a dica de ontem... Eu sei! Por isso que decidi postar mais uma. Das boas! Não é uma técnica nova por aqui. O Cor de Rosa e Carvão já tratou disso há uns quatro anos, provavelmente. E confesso para vocês que, assim como o método de dobrar lençol com elástico, essa da T-shirt também mudou meu cotidiano doméstico. Te agarra nessa aí, que ainda é free - menos pra ti Gaúcho, que terá que me dar toda a tua coleção do Sherlock Holmes.
.
Agora, para quem tem só camisas ou regatas no guarda roupas, fica gel meu caro. A mesma técnica pode ser aplicada também a esses modelos. Com a mesma perfeição. Pronto! Seus problemas agora, realmente, se acabaram. E muguegada, eu também sei dobrar calcinha [e cueca] em envelope. Te liga na sequência bico de luz.

4 comentários:

Gaúcho disse...

Eu sei como se chama essas suas "técnicas domésticas". Cientificamente elas recebem o nome de Transtorno Obsessivo Compulsivo, o popular TOC. Falo mais nada.

E já que perguntaste sobre minha namorada, o livro é da coleção dela. Foi a própria quem me ensinou a gostar de Conan Doyle.

Para que serve dobrar calcinha em envelope? Esse mundo tá perdido.

Beijos, Rosácea e Carbonífera.

CRC disse...

Putz. Phudeu então... Nada de livrinhos do Sherlock pra me divertir. Hehehe. Tá, tá. Vou arranjar um namoradinho só pra comprar livros e me presentear. Pronto. Acabou a inveja. hehehe. Bjocas querido.

Afrodite disse...

Olha eu ia fazer um outro comentário mas ao ler o Gaúcho,ri de me acabar com as 'calcinhas dobradas'!!!
É melhor que calcinha embolada,né não?
kkkkk
Beijo!

CRC disse...

Tu viu Frô? Aqui nesse blog a gente "ouve" de tudo dos leitores amigos. Em dois post pocket o Gaúchito já me chamou de velha encalhada e louca. Hehehehe. O fim da várzea isso. O fim!

Gaúcho, meu gosto por Conan começou com o Cão dos Bakerville. Muito tri! Mas esse tu já deve ter lido...