segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Cotidiano



As ideias borbulham a cada instante. Elas chegam com algum acontecimento banal, mas que lembra um fato marcante. Ou algo marcante que realmente remete a outra coisa muito importante mesmo! Tanto faz.

Entre outras coisas, hoje [05/08] recusei a proposta de trabalho para Santa Catarina. Minha mãe já havia pedido para ficar em Porto Alegre antes mesmo de ir fazer a entrevista. Mas fui e ainda agendei o início do período de experiência. Mas quem diz não para a dona Odete? Quem?!

Vim para cá por vários motivos afins. Entre eles é a busca por aperfeiçoamento profissional, plano de carreira, estabilidade e o fator determinante: ficar entre os meus. Então não havia motivo para voltar a ficar entre os barrigas verdes, mesmo que seja perto do litoral... Para isso existe o verão. Melhor esperar a estação do calor.








[post programado]

06 de Agosto de 2010 - Nesse cotidiano, só não entendo por que uma pessoa não pode entrar na fila dos velhinhos no banks e por que eu, que odeio supermercados, preciso encarar 5 [cinco] horas dentro do Carrefour... Por quê??? Ai, neuroses urbanas de uma quase jeca tatu...

4 comentários:

Silvia Angélica Palma disse...

huahuahuah...por que tu não pediu um a barra de chocolate pra tua mamis? garanto que isso te acalmaria no super.....e quem dera se os carrinhos tivessem lugar pros adultos irem sentadinhos balançando as pernas..hehehe

Luci Cardinelli disse...

Negar pedido de mãe é mesmo difícil... Torço para que logo logo encontres o que procuras.

beijo e ótima semana

Nêga disse...

Polly, comprei quatro barras e ainda ganhei mais três no domingão. Ufa! Estou bem agora...

Luci, estou criando calmaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa. Eu acho... Hehehe.

Janisse disse...

E como esta a vida por ai?! Desejo mto sucesso...bjao Jan