Pular para o conteúdo principal

Abusado



Esse é um romance que sempre quis ler. O autor de Rota 66 me impressionou tanto na faculdade que passei a admirá-lo. Mesmo que antes, Caco Barcellos já tivesse que aprisionado com seu trabalho na tevê. Tinha orgulho de termos o mesmo sobrenome, que além de ter origem francesa, é chique demais.

Pena é que o Caco tenha ficado abusado e esteja a frente desse programinha ½ boca que é o Profissão Repórter. Depois de ser instigada por "Rota 66" e querer ler o livro que revela como pensam e agem os criminosos que impõem o terror no Rio de Janeiro, venho desanimando a cada semana quando aquele programa da Globo vai ao ar. O best-seller "Abusado: O Dono Do Morro Dona Marta", da Record, já não me parece tão atraente assim. E ele, aos poucos perde o brilho e, quem, também deixará de ser o consagrado jornalista

Ainda bem que tenho outros interesses. Um deles é Para Francisco, da Cristiana Guerra que mantém três blogues muito bacanas [hoje vou assim e amor e ponto - veja os links na lista aí do lado], incluindo o próprio Para Francisco, que deu origem ao livro. Depois de correr as bancas e livrarias da cidade, consegui que uma trouxesse os escritos da guria pra mim. Demorou. Tanto, que até pensei que não viesse, mas depois de quase três meses ele está aqui em minhas mãos e pronto para ser lido assim que a historinha de vampiros terminar e antes que eu compre os outros dois livros sobre a série.

Tenho tantas coisas bacanas para ler que Abusado; Comer, Rezar e Amar; Sushi e outras histórias estão ficando para trás, para 2010, para depois do carnaval. Eu, que sou amante de biografias, estou tendo um ímpeto para adquirir a do Erasmo Carlos. Isso que eu nem li a da Maísa ainda e ando juntando os trocados para comprar a do TIM. E para finalizar, daria quase tudo pela obra proibida que conta a vida do rei - Roberto Carlos.

Ai que idéia abusada que tive agora, mas no meu próximo aniversário não vou querer cesta de produtos de higiene pessoal, nem cesta de delícias e petiscos, mas sim vales brindes da Livraria Cultura ou da Saraiva - está valendo também. O único problema é eu resistir o suficiente para comprar os livros, ao invés dos CDs raros que podem se encontrar na mega store.

Comentários

Eugenia disse…
Bom dia Cor, posso chama-la assim? Crescemos ouvindo o Roberto,o Erasmo eo Tim que saudade né?Ainda bem que com tanta tecnologia pouca coisa se perdeu.Quanto a leitura to falhando um pouco nessa área, ando com pouco tempo.Um grande abraço da Gê.
JANA disse…
NEGA LI OS DOIS
O DO TIM E O ABUSADO
ESSE O PP TEM, TA LA EM CASA
TENHO QUE RESPONDER O E-MAIL, FAÇO ISSO HJ
BJS
JANA disse…
AI GURIA, TBM TO LOUCA PELO LIVRO DO ERASMO
MAS NÃO ME SOBRA OS 45 PARA COMPRAR
KKKKK

E COM ESSE CORPÃO TODO A CESTA DE PRODUTOS PARA HIGIENE TEM QUE SER GIGANTE
KKKK
170 SABONETES, 800 POTES DE CREMES E ETC
KKKKK
Jana, pensei que tu tivesse sem tempo pra vir fuxicar no blogue. Esse teu novo emprego é bem facinho pelo visto. Ao invés de vir aki me avacalhar tu deveria era responder meu email sua tratante.

p.s.: pensei que em PoA estivesse mais barato na Saraiva. Aki tb tah 45. Mas esse mês eu dei o cano na internet e comprei o Amanhecer, que foi quase isso. Vou deixar o Erasmo para janeiro... Te empresto depois. Bjo

Gê, claro que pode me chamar de Cor. Adorei kri. Bjocas e bom findi.
jana disse…
kkk
estamos aproveitando que ainda não estão instaladas as camêras de segurança
kkkk
JANA disse…
VOLTOR A CAIR EM TENTAÇÃO E AGORA ESTA SEM TEMPO PARA ATUALIZAR O BLOG
KKKKK
OU SERA QUE ESTA NO TUMO DE POA?
Eu também, adoro Livros, e uma coisa que sinto falta aqui na cidade é a Livraria Saraiva. Lá em São Paulo, eu morava pertinho daquela da Praça João Mendes, e gastava boa parte do dinheirinho do fim do mês lá...
É muito legal encontrar em ti uma amante dos livros, isso demosntra que, além de bonitona e alto astral, também tens conteúdo. Quanto aos livros, este do "Comer, Rezar, Amar", tenho vontade de ler também, talvez a biografia do Tim Maia também, na verdade este é um sim, não um talvez... Mas, este do "Abusado" sinceramente não é minha praia. Está certo que o assunto é importante, é preciso saber o que se passa em nosso país, mas pra mim Rio de Janeiro não desperta sedução em parte nenhuma do meu cérebro. Fala sério, né?!
PS.: Por motivos óbvios, posso te chamar de bonitona à vontade, pois gays não dão cantadas em mulheres! É elogio inocente mesmo...
Enfim, muito obrigado pelo brilho de teu rendez-vous (para os pops, "rendez-vous", em francês, é "visita" - francês é super chic!). Passa lá mais vezes, e serás muito bem-vinda.
Au revoir!
Ah, Jana! Sem essa de Ali Babá desta vez! Só a Elaine Barcellos pode me chamar assim! Afinal, como ela mesma disse, tem sobrenome chic, de origem francesa, né?!

PS.: Desconcideres totalmente esta mensagem caso estejas a pensar em trocar o Ali Babá por algum nome pior. Apesar de Ali Babá ter sido um homem bom, foi bobão, mas é melhor ser Ali Babá que alguma outra coisa sem noção que essa tua cabecinha perigosa inventar!
Tadinha da Elaine, né, com essas amigas tão engenhosas no falar... Nada contra, claro, se elas não ficarem a puxar a sardinha pro meu ladinho! Meu bom Allah!
JANA disse…
NANE DIGA PARA O TEU AMIGO QUE EU NÃO SEI COMO CHAMA-LO
KKKKK
DIGA TBM QUE MINHA CABEÇINHA É UM AMOR
E QUE ELE ESTA FAZENDO MAL JUIZO, KKK

SOBRENOME CHIQUE E BONITONA? ISSO SIGNIFICA QUE VC NÃO CONHECE ESSA FIGURA QUE É ELAINE BARCELLOS
KKKK
Hakim, querido, não dá bola para a Jana SHERAZADE Severo, por que ela é uma invejosa. Hehehe. N dá ideias para a loka, se não daqui a pouco ela te transforma em Maria Madalena e se torna a primeira a atirar a primeira pedra. Ela eh assim, maléfica. Pior quando ela volta do cabeleireira dela. A biba deve ficar louca com a cabeleira que passa horas enfrentando, que deve encher a "cabecinha" dela de ideias pervas. Ainda mais que ela corta o cabelo num hospício lah de Porto Alegre. Hehehehe. Deixa assim Hakim. Melhor n alimentar a doideira. Beijo querido
p.s.: e por favor, vocês dois querem parar? estão assustando meus leitores e comentaristas. Hehehehe.
jana disse…
nega vc voltou
droga atualiza esse blog
ou vai ser pior
vou mandar msgs na madruga
kkkkk
Nane Barcellos! Entendi o recado e já calo já meu bico, mas que o sobrenome é chic, não há como negar.

PS.: Chic é com "C" de cebola no fim, nada de escrever como os pops! Mon Dieu, ici il n'y a personne qui parle en français! Catastrophique!
Êpa! Quer dizer que a tal da SHERAZADE é biba? Nane, me explica direitinho, por favor! Se ela for biba de verdade, quer dizer, gay ao invès de guria, será que ainda é tarde pra um pedido de desculpas? E, saco ela seja "biba" no sentido de ser gay, será que tem muitos guris na fila? eu teria uma chacesinha, será?
Caso a Jana Sherazade seja é guria e não guri, por favor, abafa o caso!
JANA disse…
ALI BABA
SOU UMA MENINA LINDA, EDUCADA, BEM HUMORADA E SIMPATIZANTE
GAY? ADOREI.....
TENHO UM AMIGO GAY QUE DIZ QUE EU SOU UM TRAVESTI QUE DEU CERTO E NASCEU MULHER, KKK
OS "MACHOS" QUE PASSAM POR AQUI, OS POUCOS SÃO TÃO SEM GRAÇA
KKKKKK
O Profeta disse…
Um formoso menino estava mesmo alí
Tocou de leve o lado esquerdo do meu peito
Olhou-me com um luminoso sorriso
Deixou-me sem fala, sem jeito

Deixou-me no apagar de uma vela
Olhei novamente o mar
A calmaria voltou como por encanto
Mil criaturas inundaram-me o olhar

Golfinhos felizes assobiaram
A cria de uma baleia acenou-me
Uma andorinha do mar poisou no parapeito da janela
Uma maravilhosa e antiga história sussurou-me

As estrelas brilharam no celeste
A Lua estendeu seu manto de fino lusr nesta cena
Adormeci na imensidão deste mundo
No embalo de...Uma Noite Serena...


Uma noite serena

Um mágico Natal

Um terno beijo
Olavo disse…
” A alma é invisível,
Um anjo é invisível,
O vento é invisível,
o pensamento é invisível, e,
no entanto, com delicadeza,
se pode enxergar a alma,
se pode adivinhar o anjo,
se pode sentir o vento,
se pode mudar o mundo com alguns pensamentos.”

Boas festas...

Olavo.
SONHADORA disse…
OLA AMIGA...
AQUI A PORTUGUESA DESEJA
BOAS FESTAS
P"RA TI E TODA A FAMILIA

BEIJOS DE PORTUGAL

Postagens mais visitadas deste blog

Se o queijo mofou está estragado [1]

Errado! E só soube disso uma semana depois de ter posto aproximadamente um quilo de queijo colonial no lixo, cheia de dó no pensamento, no estômago e principalmente nos olhos. Logo eu, que sou como avestruz e como até pedra com pimenta do reino moída na hora [se não for assim eu não gosto].

O fato aconteceu logo que vim de casa, após comemorar meu aniversário com minha família e amigos do peito [Jana, sua jararaca, não se inclua nesse núcleo]. Na bagagem sempre trago vários mimos e a cesta básica patrocinada pelo Araújo. Mas, dessa vez, tinha algo a mais: duas metades de queijo redondo, de diferentes sabores, no estilo colonial.

Depois de uma semana degustando o melhor deles, aquele mais branquinho e molinho, levemente salgado - diria que quase um polenguinho - decidi saborear o outro, mais amarelinho, sequinho e oleoso, com doce de leite. Dez dias a base de queijo e salame e enjoei. Sob orientação da minha mãe, deixei os queijos num pote bem ventilado, a sombra.

Mas a umidade no Flat fo…

Sóis

Sexta-feira de manhã. Não precisei abrir o aplicativo que controla meu ciclo menstrual para saber que estava de TPM. O mau humor era latente e já o percebia insuportável até para mim. E chovia. Muito. Dia perfeito para ficar em casa, hibernando, como costumo definir dias e este estado de espírito. Mas não. Tinha que encontrar um amigo-cliente, que ontem estava sem comunicação via smartphone. Não havia escapatória. Teria que ir.
Fechava assim meu período de pré-aniversário, antecipadamente. Não suportaria mais uma semana. Teria eu mesmo que dar o start em novas energias e começar Setembro com os dois pés direitos.
E hoje, no primeiro dia do mês, ainda cinza e molhado por aqui no Sul do país, um novo sol surgia. Mesmo que ainda de TPM, a virada do mês sopra em mim mudanças. Novos tempos. Renovação.
Fiz a mesma coisa que nos últimos sábados do calendário letivo. Acordei, peguei a mochila gasta e sai respirando o ar úmido e cheio de partículas de vida e possibilidades dentro de mim. E quand…

Nos phones: Todo homem

O sol Manhã de flor e sal E areia no batom Farol Saudades no varal Vermelho, azul, marrom Eu sou Cordão umbilical Pra mim nunca tá bom E o sol Queimando o meu jornal Minha voz, minha luz, meu som

Todo homem precisa de uma mãe
Todo homem precisa de uma mãe

O céu Espuma de maça Barriga, dois irmãos O meu Cabelo, negra lã Nariz e rosto e mãos O mel A prata, o ouro e a rã Cabeça e coração E o céu Se abre de manhã Em abrigo, em colo, em chão

Todo homem precisa de uma mãe
Todo homem precisa de uma mãe