Pular para o conteúdo principal

Quarto e sala



Tudo que cabia no meu quarto antes, agora ficam espremidos em duas peças. No quarto estão a cama Box conjugada, com o guarda-roupas ainda desmontado e uma prateleira com livros e bugigangas diversas. Se mudar a posição da cama eu consigo mais espaço e consigo por a mesa com a poltrona para trabalhar, mas daí, a cozinha fica sem mesa para o rango...

E por falar em cozinha, a kit veio com um armário com pia. Delícia! Melhor que isso só se o tio do imóvel tivesse me cedido a geladeira que tinha no apertamento do lado. Ali bate sol na parede da sala, por onde tem um foco de luz também, já com cortina e uma estante horrorosa da década de 70. Mas não estou em condições de dispensar muita coisa.

O quarto é que nem o meu. Uma janela dá para a outra e as duas para a área de serviço, que por sorte dividirei com um homem bem bonito e solteiro. E gentil, simpático e disponível para uma xícara de açúcar, farinha, leite, ovos [Batedeira? Forno? Hehehe. Tolinhos... como diria a minha tia Ica]. Bom, sonho é sonho. Na verdade, além de ter escolhido esse por ter grades na porta, preferi a pia, para poder guardar comidinhas e lavar frutas e coisa e tal. Preferi a kit cujo foco de luz dá para a garagem do prédio ao lado [na minha terra construir edificação aproveitando a parede do vizinho é proibido por lei. Mas na terra do nunca tudo é possível.

Na sala ficaram algumas plantas que não estavam acostumadas com a intempérie, a mesa e a poltrona que antes ficavam no antigo quarto, o microondas com a mesa nova, a pia-armário e as almofadas. Ah, as vasilhas de água e ração do Shazan, além do mictório e do cocotório. E por falar em xixi e coco, o meu banheiro foi um dos motivos pelo qual escolhi esse novo lar. Ele é pequeno, como o do lado. A diferença é que este vem com pia-armário também e espelho, além do Box. No outro, tinha apenas uma pia e a privada. Aonde iria deixar meus potinhos de cremes, minhas nécessaires e os porta bijou? Não, não! Pia-armário no banheiro também...

Ufa! Poste grande para uma falar de uma kit net. Como dizem todos os pobres e eu sempre fiz parte dessa classe social. É simples, pequeninho, mas tudo bem limpinho! Mesmo tendo um quintal com mudas de árvores frutíferas e um pé de laranjeira.

[1. Lembrar de comprar um inseticida. Porque eu e os bichinhos voadores na mesma kit net não dará certo. Alguém tem que morrer! 2. Gente, na verdade estou adorando meu "Flat" - porque gente coisa é outra fina]

Comentários

heheheh...com as caixas que tirei do seu flat hoje, certamente ele ganhou mais espaço...o bonito foi eu equilibarndo 3 caixas gigantes na bizzz.....é o cumulo da pobreza again.....uahauhauha
RosanaK disse…
Hum....chego à conclusão de que se vc ainda não tem guarda-roupa montado é porque ainda não montou...uhauhauhauhuahuah! Montou naquele outro sentido sabe...uhauhauhauhau, q eu to sabendo q vai ter inauguração do flat e da cama quando o "montador" aparecer por aí...uahuhauhauhauhau!!!!
RosanaK disse…
tem coisa mais pop que carregar caixa de papelão na bizz????
uhauhauahauhauhau
jana disse…
esse blog nunca esteve tão atualizado..
o pp disse que NUNCA mais deixa recado para vc pq vv não responde... e não adianta vir com aquela estória de "ele não é assiduo aqui no blog" para não responder.
marcus disse…
Me fez lembrar 25 anos atrás quando aqui cheguei e fui morar naquele "Ap" debaixo do da Dú, eh,eh,eh... aquele mesmo que tú morou também! Quando nos conhecemos e ela soube da minha moradia falou: - ah, agora eu já sei onde pedir uma chícara de açúcar quando precisar! Resumindo,eu pedi primeiro e deu no que deu, estamos juntos á 25 anos! O legal é que Kits e Aps de solteiros tudo pode acontecer!
Silvitcha

Chiqueteza é algo que só sabemos se temos ou não depois de carregarmos caixas... Seja na bizoca, na mão, com gato ou sem gato. Resumindo: Não temmos mesmo!!! KKK

Rou

Agora eu tenho guarda-roupas montado e o corpo atualizado. KKK Afinal, organizar uma casa após a mudança dá (e dei mesmo, kkk) muito trabalho. E se o Papa é POP, pq não nós tb? KKK

Jana

Quando se tem tempo, várias idéias e acontecimentos para registrar, e nada de internet, vários posts se criam. Fiz cinco numa sentada e quando a net deu o ar da graça por 24 horas no Flat, programei um por dia. Q diliça!

PP

Vai tomar naquele lugar querido. Fica se atualizando pela Jana e quer ganhar resposta de comentário. Ai que pidão! hehehe. Pior! Quer ser convidado para a primeira suruba no Flat. Ahã, espera sentado querido...

Marcus

Hehehe. Olha, fiquei esperançosa agora. Estou louca para conhecer o meu noivo agora. O único problema é que a vizinha é uma enfermeira...E a única coisa que penso em pedir para ela é sua máquina de lavar e gelo. Será que ela tem irmão?!

beijo em todos!
Ci disse…
Então, pelo q leio, nao posso nem pensar em levar uma mega ultra ninja cama king, como lembrança, pois afinal o papa é pop, mas o rei já morreu!
( Nda a ver..)
Voltando...Em breve estarei ai e re+pensando seu mimo, acredito q mudará! hauhauha!
Bjusxx linda corderosa+com+carvão e muita ação, heheheh!
Ci.

Postagens mais visitadas deste blog

Se o queijo mofou está estragado [1]

Errado! E só soube disso uma semana depois de ter posto aproximadamente um quilo de queijo colonial no lixo, cheia de dó no pensamento, no estômago e principalmente nos olhos. Logo eu, que sou como avestruz e como até pedra com pimenta do reino moída na hora [se não for assim eu não gosto].

O fato aconteceu logo que vim de casa, após comemorar meu aniversário com minha família e amigos do peito [Jana, sua jararaca, não se inclua nesse núcleo]. Na bagagem sempre trago vários mimos e a cesta básica patrocinada pelo Araújo. Mas, dessa vez, tinha algo a mais: duas metades de queijo redondo, de diferentes sabores, no estilo colonial.

Depois de uma semana degustando o melhor deles, aquele mais branquinho e molinho, levemente salgado - diria que quase um polenguinho - decidi saborear o outro, mais amarelinho, sequinho e oleoso, com doce de leite. Dez dias a base de queijo e salame e enjoei. Sob orientação da minha mãe, deixei os queijos num pote bem ventilado, a sombra.

Mas a umidade no Flat fo…

Sóis

Sexta-feira de manhã. Não precisei abrir o aplicativo que controla meu ciclo menstrual para saber que estava de TPM. O mau humor era latente e já o percebia insuportável até para mim. E chovia. Muito. Dia perfeito para ficar em casa, hibernando, como costumo definir dias e este estado de espírito. Mas não. Tinha que encontrar um amigo-cliente, que ontem estava sem comunicação via smartphone. Não havia escapatória. Teria que ir.
Fechava assim meu período de pré-aniversário, antecipadamente. Não suportaria mais uma semana. Teria eu mesmo que dar o start em novas energias e começar Setembro com os dois pés direitos.
E hoje, no primeiro dia do mês, ainda cinza e molhado por aqui no Sul do país, um novo sol surgia. Mesmo que ainda de TPM, a virada do mês sopra em mim mudanças. Novos tempos. Renovação.
Fiz a mesma coisa que nos últimos sábados do calendário letivo. Acordei, peguei a mochila gasta e sai respirando o ar úmido e cheio de partículas de vida e possibilidades dentro de mim. E quand…

Nos phones: Todo homem

O sol Manhã de flor e sal E areia no batom Farol Saudades no varal Vermelho, azul, marrom Eu sou Cordão umbilical Pra mim nunca tá bom E o sol Queimando o meu jornal Minha voz, minha luz, meu som

Todo homem precisa de uma mãe
Todo homem precisa de uma mãe

O céu Espuma de maça Barriga, dois irmãos O meu Cabelo, negra lã Nariz e rosto e mãos O mel A prata, o ouro e a rã Cabeça e coração E o céu Se abre de manhã Em abrigo, em colo, em chão

Todo homem precisa de uma mãe
Todo homem precisa de uma mãe