Pular para o conteúdo principal

Put Your Records On

(Coloque Seus Discos Para Tocar)

by Corinne Bailey Rae

Three little birds, sat on my window
Três passarinhos, sentaram em minha janela
And they told me I don't need to worry
E eles me disseram que não preciso me preocupar
Summer came like cinnamon, so sweet
O verão chegou feito canela, tão doce
Little girls double-dutch on the concrete
As meninas pulam corda no concreto

Maybe sometimes, we got it wrong, but it's alright
Talvez algumas vezes nós entendemos errado, mas tudo bem
And nothing seems to change, and it all will stay the same
E nada parece mudar, e tudo vai continuar a mesma coisa
Oh, don't you hesitate
Oh, não hesite

Girl, put your records on, tell me your favourite song
Garota, coloque seus discos para tocar, me diga sua canção preferida
You go ahead, let your hair down
Siga em frente, não se preocupe
Sapphire and faded jeans, I hope you get your dreams
Jeans cor safira desbotado, espero que alcance seus objetivos
Just go ahead, let your hair down
Apenas siga em frente, não se preocupe

You're gonna find yourself somewhere, somehow
Você se encontrará em algum lugar, de alguma maneira

Blue as the sky, sombre and lonely
Triste como o céu, sombrio e só
Sipping tea in the bar by the road side
Bebendo chá no bar ao lado da estrada
(Just relax, just relax)
(Apenas relaxe, apenas relaxe)
Don't you let those other boys fool you,
Você não deixe aqueles outros caras te enganarem
Gotta love that afro hairdo
Tenho que amar aquele penteado afro

Maybe sometimes, we feel afraid, but it's alright
Talvez algumas vezes, nós sentimos medo, mas tudo bem
The more you stay the same, the more they seem to change
Quanto mais você continua a mesma, mais eles parecem mudar
Don't you think it's strange?
Você não acha isso estranho?

Girl, put your records on, tell me your favourite song
Garota, coloque seus discos para tocar, me diga sua canção preferida

You go ahead, let your hair down
Siga em frente, não se preocupe
Sapphire and faded jeans, I hope you get your dreams
Jeans cor safira desbotado, espero que você alcance seus objetivos
Just go ahead, let your hair down
Apenas siga em frente, não se preocupe
You're gonna find yourself somewhere, somehow
Você se encontrará em algum lugar, de alguma maneira

Just more than I could take, pity for pity's sake
Apenas mais do que eu poderia levar, perdão pelo bem do perdão
Some nights kept me awake, I thought that I was stronger
Algumas noites não consegui dormir, achei que eu fosse mais forte
When you gonna realise, that you don't even have to try any longer
Quando você vai perceber, que você não tem que tentar mais
Do what you want to
Faça o que você quer fazer

Girl, put your records on, tell me your favourite song
Garota, coloque seus discos para tocar, me diga sua canção preferida
You go ahead, let your hair down
Siga em frente, não se preocupe
Sapphire and faded jeans, I hope you get your dreams
Jeans cor safira desbotado, espero que você alcance seus objetivos
Just go ahead, let your hair down.
Apenas siga em frente, não se preocupe

Girl, put your records on, tell me your favourite song
Garota, coloque seus discos para tocar, me diga sua canção preferida
You go ahead, let your hair down
Siga em frente, não se preocupe
Sapphire and faded jeans, I hope you get your dreams
Jeans cor safira desbotado, espero que você alcance seus objetivos
Just go ahead, let your hair down
Apenas siga em frente, não se preocupe

Oh, you’re gonna find yourself somewhere, somehow
Oh, você se encontrará em algum lugar, de alguma maneira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Se o queijo mofou está estragado [1]

Errado! E só soube disso uma semana depois de ter posto aproximadamente um quilo de queijo colonial no lixo, cheia de dó no pensamento, no estômago e principalmente nos olhos. Logo eu, que sou como avestruz e como até pedra com pimenta do reino moída na hora [se não for assim eu não gosto].

O fato aconteceu logo que vim de casa, após comemorar meu aniversário com minha família e amigos do peito [Jana, sua jararaca, não se inclua nesse núcleo]. Na bagagem sempre trago vários mimos e a cesta básica patrocinada pelo Araújo. Mas, dessa vez, tinha algo a mais: duas metades de queijo redondo, de diferentes sabores, no estilo colonial.

Depois de uma semana degustando o melhor deles, aquele mais branquinho e molinho, levemente salgado - diria que quase um polenguinho - decidi saborear o outro, mais amarelinho, sequinho e oleoso, com doce de leite. Dez dias a base de queijo e salame e enjoei. Sob orientação da minha mãe, deixei os queijos num pote bem ventilado, a sombra.

Mas a umidade no Flat fo…

Sóis

Sexta-feira de manhã. Não precisei abrir o aplicativo que controla meu ciclo menstrual para saber que estava de TPM. O mau humor era latente e já o percebia insuportável até para mim. E chovia. Muito. Dia perfeito para ficar em casa, hibernando, como costumo definir dias e este estado de espírito. Mas não. Tinha que encontrar um amigo-cliente, que ontem estava sem comunicação via smartphone. Não havia escapatória. Teria que ir.
Fechava assim meu período de pré-aniversário, antecipadamente. Não suportaria mais uma semana. Teria eu mesmo que dar o start em novas energias e começar Setembro com os dois pés direitos.
E hoje, no primeiro dia do mês, ainda cinza e molhado por aqui no Sul do país, um novo sol surgia. Mesmo que ainda de TPM, a virada do mês sopra em mim mudanças. Novos tempos. Renovação.
Fiz a mesma coisa que nos últimos sábados do calendário letivo. Acordei, peguei a mochila gasta e sai respirando o ar úmido e cheio de partículas de vida e possibilidades dentro de mim. E quand…

Nos phones: Todo homem

O sol Manhã de flor e sal E areia no batom Farol Saudades no varal Vermelho, azul, marrom Eu sou Cordão umbilical Pra mim nunca tá bom E o sol Queimando o meu jornal Minha voz, minha luz, meu som

Todo homem precisa de uma mãe
Todo homem precisa de uma mãe

O céu Espuma de maça Barriga, dois irmãos O meu Cabelo, negra lã Nariz e rosto e mãos O mel A prata, o ouro e a rã Cabeça e coração E o céu Se abre de manhã Em abrigo, em colo, em chão

Todo homem precisa de uma mãe
Todo homem precisa de uma mãe